terça-feira, 22 de agosto de 2017

Resenha: "Amar, Rir e Comer", de Dr. John Tickell

Após muito tempo pesquisando e estudando as pessoas e seus hábitos alimentares, o Dr. John Tickell chegou à conclusão de que sim, é possível "Amar, Rir e Comer" até os 100 anos de vida. E tudo isso se a pessoa souber consumir os alimentos com moderação. 

Em "Amar, Rir e Comer", escrito pelo próprio Doutor Tickell, ele faz uma análise profunda dos hábitos alimentares e do modo de vida das pessoas. Ao longo da leitura ele vai citando e comparando estilos de vida diferentes como, por exemplo, o dos Okinawenses, população que vive em Okinawa, uma província localizada mais ao sul do Japão. O Dr. Tickell passou anos estudando o modo de vida dos Okinawenses, pois é nessa província onde têm mais gente centenária em todo o mundo. Ele estudou e descobriu os 'segredos' da longevidade desse povo. Em contrapartida, o doutor fala dos americanos e seus hábitos alimentares nada saudáveis.

"É hora de repensar o sentido da expressão 'expectativa de vida' e substituí-la por 'expectativa de vida saudável'." 

A introdução do livro já dá aquela chamada "Oi! Acorde pra vida. Larga essa vida sedentária e de péssimos hábitos alimentares." O doutor diz a verdade nua e crua e abre os olhos do leitor sobre diversos assuntos relacionados à saúde.  

O Dr. Tickell vai ensinar ao leitor à por em prática o programa que ele desenvolveu: ACE, que corresponde à Atividade Física, Controle Mental e Educação Alimentar. 

"Pare de se preocupar com esse negócio de idade, porque a idade cronológica pouco significa. A verdadeira é a fisiológica."

Ao longo de leitura ele vai dando dicas importantes para perder peso e viver de forma saudável ou, se a pessoa está em boa forma, viver bem por muitos anos esbanjando saúde. 

Ele fala dos benefícios de muitos alimentos e, também, os malefícios. Comenta como as pessoas têm o péssimo hábito de achar que isso é bom, que aquilo é ruim sem ao menos procurar se informar sobre o assunto. Um desses casos é o da água, que muita gente sempre diz "quanto mais beber água, melhor" e na prática não é necessário se encher de água, caso você consuma frutas ao longo do dia, pois elas possuem bastante líquido e isso já ajuda bastante, mas, claro, ele alerta que sim, é preciso pelo menos uns 4 copos de água ao longo do dia.

"V-I-V-E-R. Que dádiva. Viver é dar asas ao ego, é claro. É realizar, gostar de si mesmo e brilhar. É também rir, abraçar, negociar, fazer o bem ao próximo, curtir e ansiar por coisas novas."

Outros assuntos que ele explora bastante, é o consumo de gordura, a falta de atividades físicas, o hábito de fumar, o vício em café, consumo de bebidas alcoólicas, dentre outros temas importantes e que nunca deixam de ser atuais. Ele cita mas também dá soluções para que a pessoa consiga combater esses probleminhas. 

Em determinado momento o Dr. Tickell dá uma dica legal para combater a insônia: beber uma taça de vinho antes de dormir. Foi aí que eu lembrei que, há alguns meses atrás, eu recebi essa mesma dica vinda de um jornalista que conheci. Ele disse "uma taça de vinho tinto meia hora antes de deitar. É tiro e queda". Okay. Eu tentei. Comprei um vinho fui seguindo os passos. Quer saber o resultado? Acabei bebendo todo o vinho em dois dias rsrsrs. Que tentativa fajuta, hein? Até que funcionou, pelo menos na parte do sono. Mas no livro o Dr. Tickell alerta que é pra beber só uma taça e não 2, 3, 4 ou mais rsrs. Fiquem atentos. Eu já tô! ;)  

"A família é o primeiro objeto do nosso amor, não por acaso o primeiro elo de uma vida feliz, saudável, próspera e sábia."

"Amar, Rir e Comer" ainda traz algumas receitas bem saudáveis que o próprio Dr. Tickell e sua esposa Sue consomem. Ainda ao longo do livro, o leitor vai se deparar com gráficos e imagens que irão auxiliar no entendimento do que está sendo abordando no capítulo. 

Ler um livro como esse é bem previsível que contenha termos e palavras complicadas, de difícil entendimento, mas o Dr. Tickell consegue 'traduzi-las' para os leigos no assunto. A escrita do doutor é ótima! 

"O amor está no centro de toda vida bem vivida. Pode-se amar ou estar apaixonado por alguém, pode-se amar alguma coisa como experiência momentânea. Seja lá como for, o amor está relacionado à longevidade, à felicidade e à saúde."

Enfim, "Amar, Rir e Comer" é um livro muito bom. Fala da importância em de não apenas viver por muitos anos, mas de viver por muito tempo esbanjando saúde física, felicidade, amor e com o coração carregado de Fé. Sempre enxergando o lado positivo das coisas, tentando lidar o melhor possível com os contratempos que acontecem na vida e abertos à mudanças que signifiquem nosso bem-estar. É uma leitura rica, repleta de dicas importantes para estarmos bem de corpo e alma. 

A edição brasileira do livro foi publicada pela Editora Valentina. A capa é bonita, o livro possui orelhas, a fonte tem um tamanho agradável e as folhas são brancas.  


Ficha Técnica:

Obra: Amar, Rir e Comer
Autor: Dr. John Tickell
Editora: Valentina
Publicado: 2017
Páginas: 208
Compre: Amazon - físico ou e-book
Adicione: Skoob
★★★★★ Perfeito!
Livro cedido pela editora 
e originalmente resenha 
para o blog Re.View.



Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria:
pedrogabrielb@bol.com.br 

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Conheça "Meu Amigo Dahmer", novidade da Darkside Books

Será possível identificar os traços de personalidade de um assassino antes mesmo que ele comece a matar? Imagine descobrir que um amigo seu de escola acabou se transformando num dos mais temidos serial killers do século? Essa é a história real que o quadrinista Derf Backderf relata na graphic novel MEU AMIGO DAHMER.

MEU AMIGO DAHMER traz o perfil do psicopata Jeff Dahmer quando este ainda era um aluno do ensino médio. O autor do livro foi seu colega de turma nos anos 1970, e conviveu com o futuro “canibal de Milwaukee” com uma intimidade que Dahmer talvez só viesse a compartilhar novamente com suas vítimas. Juntos, Derf e Dahmer estudaram para provas, mataram aula, jogaram basquete.

Os dois tomaram rumos diferentes, e Derf só voltaria a saber do amigo pelo noticiário, anos depois. Em 1991, os crimes de Jeffrey Dahmer vieram à tona: necrofilia, canibalismo e uma lista de pelo menos 17 mortos, entre homens adultos e garotos. O primeiro assassinato teria acontecido meses após a formatura no colégio.

Além de remexer nos seus velhos cadernos e álbuns de fotografia, Derf consultou seus amigos de adolescência, antigos professores, os arquivos do FBI e a cobertura da mídia após a descoberta de seus crimes antes de roteirizar MEU AMIGO DAHMER.

Muitos tinham histórias do garoto que costumava fingir surtos epilépticos, que exagerava na bebida antes mesmo de ir para a aula e que parecia ter uma fixação em dissecar os animais atropelados que encontrava perto de casa. Mas quem realmente poderia prever os caminhos sombrios pelos quais ele seguiria? Seria possível evitar tamanha tragédia? Leia e tente tirar suas próprias conclusões.

MEU AMIGO DAHMER, a história (em quadrinhos) antes da história, foi premiada no Festival de Angoulême, França, em 2014, e incluída pela revista Time como um dos cinco melhores livros de não ficção de 2012. A primeira HQ da coleção Crime Scene inaugura a publicação de histórias em quadrinhos, graphic novels e mangás pela DarkSide® Graphic Novel.


O que estão falando por aí...

“Uma história potente e contada de forma magistral. Backderf é habilidoso em usar
os quadrinhos para revelar o mundo adolescente bizarro e sinistro dos anos 1970.”
— ROBERT CRUMB —

“Atordoante. Horripilante. Feito com primor.”
— ALISON BECHDEL, AUTORA DE FUN HOME E VOCÊ É MINHA MÃE? —



Obra: Meu Amigo Dahmer
Autor: Derf Backderf
Editora: Darkside Books 
Tradutor: Érico Assis
Páginas: 288
Adicione: Skoob
Compre: Amazon  



Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria:
pedrogabrielb@bol.com.br 

sábado, 19 de agosto de 2017

Mais vendidos da Amazon: Julho - 2017


Oi pessoal! Tudo bem com vocês?

Mais uma mês se foi e com ele muito dinheiro comprando livros, né? rsrs. E segue aquele velho dilema: "tô comprando mais do que posso ler nesse mês". Enfim, esse papo é coisa pra sentar e debatermos em outro momento rsrs.

Hoje eu trago os livros Mais vendidos da Amazon no mês de julho. E olha, tem livros para todos os gostos literários. Confira: 


1º - "Akira - Volume 1", de Katsuhiro Otomo
3º - "Edgar Allan Poe - Medo Clássico", de Edgar Allan Poe
4º - "Deuses Americanos", de Neil Gaiman
5º - "Caixa Harry Potter - Edição Premium Exclusiva Amazon", de J. K. Rowling
6º - "Mitologia Nórdica", de Neil Gaiman 


7º - "O Conto da Aia", de Margaret Atwood
8º - "Sapiens - Uma Breve História da Humanidade", de Yuval Noah Harari
9º - "Sherlock Holmes - Caixa", de Arthur Conan Doyle
10º - "Outros Jeitos de Usar a Boca", de Rupi Kaur 


E aí pessoal, curtiram os livros mais vendidos da Amazon no mês de Julho? Já leu algum desses? Me conta aqui nos comentários ou nas redes sociais, okay?

No próximo mês a coluna volta trazendo os mais vendidos de Agosto. Até mais!😉


Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria:
pedrogabrielb@bol.com.br

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Editora Selo Jovem na Bienal do Rio


Ei pessoal, a Editora Selo Jovem vai marcar presença na XVIII Bienal do Rio 2017 com um estande próprio. Todos os livros da editora estarão sendo comercializados a 25,00 reais, preço fixo. 

A editora promete arrebentar no evento com muitos mimos e brincadeiras. Serão 11 dias com a participação dos editores e de diversos autores. Prestigiem a editora no evento. Não percam essa festa e a oportunidade de tirar aquela foto com seu autor favorito!

A editora estará localizada no pavilhão verde, rua N estande nº 10. Não percam!😜

A Bienal do Rio 2017 será realizada de 31 de agosto a 10 de Setembro de 2017.


Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria:
pedrogabrielb@bol.com.br 

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Resenha: "Temporada de Acidentes", de Moira Fowley-Doyle

Todo ano, mais precisamente em outubro, a família da jovem Cara Morris, sofre com a temporada de acidentes. É nessa fase conturbada que as quinas de móveis, etc., são cobertas afim de proteger à todos dos mais diferentes acidentes que poderão acontecer. Facas e outros objetos que podem machucar, são escondidos. Até o modo de se vestir é alterado passando a usar roupa em cima de roupa para proteger contra tombos, arranhões ou acidentes piores.

Melanie é a mãe de Cara. Além dessa filha, ela tem Alice e o enteado Sam. Essa fase conturbada da vida deles não os impedem de viver, estudar e passear. E Cara e seus "irmãos", como quaisquer outros jovens, gostam de curtir. Eles têm uma amiga chamada Bea. Na sala ela é considerada a Bruxa, pois mexe com tarô e tudo mais. Bea fala pra Cara que as cartas dizem que essa será uma das temporadas mais difíceis de lidar. O que pode até custar a vida de alguém. Cara fica muito preocupada.

"Temos medo da temporada de acidentes. Temos medo da facilidade com que os acidentes se transformam em tragédias. Já passamos por muitas."  

Pra variar, enquanto ela olha algumas fotos na galeria de imagens do celular, percebe algo estranho. Estranhamente uma garota chamada Elsie aparece em diversas fotos de Cara. Elsie já foi amiga de Cara, mas depois a amizade foi esfriando e nunca mais elas se falaram. Só que as fotos eram recentes e em lugares diversos, mas de alguma forma bem visível ou não, Elsie estava presente na foto. Isso faz Cara procurar Elsie afim de questioná-la sobre as fotos. Mas Elsie não comparece às aulas. 

Ela ficava tomando conta de uma caixa de segredos, onde os alunos, de forma anônima, escreviam segredos e a Elsie pendurava-os num barbante dentro da escola. Com o sumiço dela, Cara descobre que outra garota está fazendo esse serviço. Sem querer perder tempo, com a ajuda de Alice, Bea e Sam, Cara aos poucos vai procurando informações sobre a garota e seguindo pistas até encontrá-la. 

Nessa busca, Cara vai descobrindo os piores segredos. Conhece a podridão humana e vai fazer de tudo para ajudar aqueles que ela tanto ama, mas para isso também terá que lidar com os próprios segredos e se libertar do que lhe impede de ser feliz. 

Suspense, fantasia e romance, fazem de "Temporada de Acidentes" um livro intenso do início ao fim e cheio de surpresas que fisgam o leitor de uma maneira incrível. A autora Moira Fowley-Doyle tem uma escrita ótima, bem fluida e que faz o leitor embarcar na trama junto com os acontecimentos. Isso ajudou bastante. Chegou em uma parte que a fantasia me deixou um pouco confuso, mas consegui entender melhor logo depois. Mas nada que atrapalhe o desenvolvimento da história. 

"Não se pode esconder o amor."

A autora deixou a história ainda mais interessante com dois romances 'proibidos', segundo a sociedade e à religião. E até o gostinho de mistério ficou até o final do livro pra saber o que iria desenrolar desses dois romances. Além disso, a autora aproveitou para tratar de um tema que está sempre em debate, mas ultimamente esse debate está ainda mais em 'chamas' no Brasil: o relacionamento abusivo. Um tipo de relação que destrói a pessoa por dentro e por fora. Destrói tanto a vítima como também a todos que estão ao redor dela. Outro assunto que foi explorado, de forma mais rápida, foi o abuso sexual de menor. 

Cada personagem realmente têm um papel importante na trama. Ao longo da leitura cada um se encaixa na história e não ficam esquecidos. Ela conseguiu amarrar todos os pontos da história. 

"- Talvez eu não precise que ninguém cuide mim. Talvez eu só precise ser lembrada." 

Depois que terminei de ler a obra da Moira, fiquei pensando... "Temporada de Acidentes" bem que poderia render uma adaptação cinematográfica. Acho que com uns ajustes aqui, outros ali, iria ficar muito bom. O suspense que prevalece em todo a história também daria um gás ao filme. Quem sabe vá para às telonas, né? Vamos torcer!

A edição brasileira foi publicada através da Editora Intrínseca e possui folhas amareladas e a fonte tem um tamanho bom. Além disso, o livro contém orelhas e a narração é feita por Cara e na terceira pessoa em determinados momentos, o que causa ainda mais mistério. E gostei bastante da capa. Foi o que me chamou atenção de cara!


Ficha Técnica:

Obra: Temporada de Acidentes
Autora: Moira Fowley-Doyle
Editora: Intrínseca
Publicado: 2016
Páginas: 256
Compre: Amazon - físico ou e-book
Adicione: Skoob
★★★★☆ Muito bom!



Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria:
pedrogabrielb@bol.com.br

Comunicado!

O Blog do Pedro Gabriel é um site de informações, dicas, novidades sobre o mundo dos famosos, TV, Literatura, música, humor, Curiosidades, turismo, cultura etc. Muitas das imagens que aparecem no site são de fontes externas, e o Blog do Pedro Gabriel não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que assim seja especificado. Se você (ou sua empresa) possui os direitos de alguma imagem e não quer que ela apareça no Blog do Pedro Gabriel, favor entre em contato e ela será prontamente removida. As opiniões expressadas nos comentários deste blog não refletem a opinião do autor do site e nem de nenhum de seus colaboradores. Elas não são, portanto, de responsabilidade do site.