sponsor

sponsor
Tecnologia do Blogger.

Slider

Literatura nacional

Literatura internacional

Lançamentos

Quotes

Entrevistas

Tags

Sorteios

O arco-íris nem sempre é tão vibrante

"Caminho Longo" é o novo lançamento do autor Vinicius Fernandes (foto: bookstagram @jaixbooks

Um caminho longo. É o que Bruno percorre para entender que a felicidade não é apenas o resultado de experiências e escolhas. O protagonista é uma espécie de alter ego do escritor, professor de inglês, tradutor e intérprete Vinícius Fernandes, na obra "Caminho Longo", um dos dois lançamentos do escritor pela Editora PenDragon. Outro título que está em pré-venda, também do mesmo autor, é Graham, que conta a intensa história de um caçador de vampiros que gosta de meninos.

Especialista em romances LGBTs, Vinicius apresenta uma história que reúne dramaticidade, reviravoltas, momentos tensos e também grandes descobertas. O protagonista soube desde pequeno que não se encaixava com o que o mundo esperava dele. Bruno é uma síntese do drama vivido por grande parte dos homossexuais: desde a dificuldade de entender quem era e de não atender às expectativas das pessoas.

Quando enfrentou uma infância e adolescência conturbadas devido ao preconceito – e demais questões envolvidas simplesmente por ser um ser humano – Bruno sempre contou com o apoio do irmão, melhor amigo e confidente: Mateus. O futuro mudou de rumo com a morte prematura de Mateus, aos 26 anos. A relação entre os dois é descrita e explorada enquanto o protagonista relembra como conheceu Luiz, o colega que despertou a necessidade de Bruno em se reconhecer como é.

O relacionamento entre Bruno e Luiz surgiu naturalmente, ainda na escola, junto com a busca por autoconhecimento. O primeiro beijo, a primeira viagem, o primeiro eu te amo. Nenhum romance é simples e leve quando se é adolescente. Muito menos quando este amor não é visto como “normal” pela sociedade. O relacionamento acabou quando os dois entraram para o universidade e se afastaram. Neste momento, Bruno volta para seu caminho e inicia mais um capítulo da vida.

Todas as dificuldades enfrentadas pelo personagem principal, após o primeiro coração partido e a morte do irmão, abriram passagens. Caminhos de dor, de angústia, de sofrimento. Entretanto, também de dúvidas, de escolhas e de novas atitudes. Pôr em prática o sonho do primeiro livro publicado foi a fuga que Bruno recorreu como uma maneira de seguir em frente. A vida tomou novos rumos, cheios de ramificações e novas possibilidades. As experiências e decisões o ensinaram que a felicidade não é o destino: na verdade, a felicidade e a vida em si é o aprendizado adquirido durante o caminho.

“Cada escolha leva a um lugar diferente ou até ao mesmo destino, entretanto, a trilha percorrida pode ser mais ou menos conturbada” – Caminho Longo, pág. 194. 


Páginas: 206 | Gênero: Ficção/Romance/LGBT | Editora: PenDragon | Compre: Amazon - Loja Editora PenDragon 


Sobre o autor

Vinícius Fernandes nasceu em São Paulo e iniciou a carreira literária em 2014, com a publicação de Grahan – O Continente Lemúria. No currículo, outros dois livros também já chegaram às livrarias: O Véu Entre Mundos (2016) e Lázaro - A Maldição dos Mortos (2017). Com temáticas que envolvam LGBT’s, o autor busca levar representatividade e dar voz a protagonistas que lutam por igualdade e espaço. Quando criança, Vinícius gostava de desenhar e criar histórias em quadrinhos. As produções foram transformadas em histórias escritas quando percebeu que as palavras eram o grande protagonista da sua própria vida. 




📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚


Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB


Sugestão de pauta ou parceria: pedrogabrielb@bol.com.br

Resenha: "Apenas uma garota", de Meredith Russo

Resenha por: Pedro Gabriel
Obra: Apenas uma garota
Autora: Meredith Russo
Editora: Intrínseca
Gênero: Ficção/Romance/Young adult/LGBT
Páginas: 240
Ano: 2017
Onde Comprar: Amazon - Físico ou E-book
Adicione: Skoob
Nota: ★★★★★
SINOPSE: Prestes a entrar na vida adulta, Amanda Hardy acabou de mudar de cidade, mas a verdadeira mudança de sua vida vai ser encarar algo muito mais importante: a afirmação de sua identidade. Tudo que ela mais quer é viver como qualquer outra garota. E, embora acredite firmemente que toda mudança traz a promessa de um recomeço, ainda não se sente livre para criar laços afetivos. Até que ela conhece Grant, um garoto diferente de todos os outros. Ela não consegue evitar: aos poucos, vai permitindo que Grant entre em sua vida. Quanto mais eles convivem, mais ela se sente impelida a se abrir e revelar seu passado, mas ao mesmo tempo tem muito medo do que pode acontecer se ele souber toda a verdade. Porque o segredo que Amanda esconde é que ela era um menino. Em seu romance de estreia, Meredith Russo retrata o processo de transição de uma adolescente transexual, parcialmente inspirada em suas próprias experiências. Enquanto traz à tona questões difíceis como dilemas existenciais, preconceito e bullying, o livro também fala de forma esperançosa e leve sobre amizade, descobertas e autoaceitação.


👩💓👫🌈


Amanda Hardy é uma linda, jovem e garota trans. Após alguns momentos turbulentos que viveu na sua cidade de Smyrna, em Atlanta, ela precisou ir morar com o pai, num lugar em que não conhecia ninguém. Era a chance de tentar se reerguer e buscar viver uma vida em paz, tentando ser ela mesma. Ser apenas uma garota comum. 


“Se eu tivesse sido forte o bastante para ser normal, pensei, ou pelo menos forte o bastante para morrer, todo mundo seria feliz.”



O Sr. Hardy ainda tentava lidar com a identidade da Amanda. Para ele era difícil entender. Era tudo muito novo. Também sentia medo da filha sofrer, mas aos poucos ele foi se adaptando e dando o apoio necessário.

Na nova cidade, Amanda vai tentando se adequar à nova rotina. Faz amizades com algumas meninas que tornam a estadia dela cada vez mais acolhedora, mesmo diante do receio de ter sua vida exposta para todos e sofrer na pele - ainda mais - a dor do preconceito. As marcas da transfobia.

"As cigarras zubiam sem parar no fim da tarde. Eu tinha lido certa vez que elas passavam a maior parte da vida debaixo da terra, só saiam já adultas para viver seus últimos dias. Será que comigo seria assim? Viveria escondida pela maior parte da vida, sem nunca sair para o mundo?"



Mas eis que Amanda conhece Grant. Esse jovem e belo rapaz encantou o coração da moça com seu jeito atencioso de ser, mas ela sabia que não era tão simples se apaixonar por um rapaz. Tanto ele como todas as outras pessoas do meio social que ela frequentava, nem sonhavam que um dia Amanda já foi um garoto e isso atormentava a mente dela com várias perguntas e enchia seu coração de medo.

Uma amizade surge entre Amanda e Grant. Algo mais intenso e apaixonante inunda o coração dos dois e ela se deixa viver essa experiência nova e incrível. Mas era chegada a hora de abrir o coração e revelar o segredo mais profundo de sua vida para Grant. Ela só não esperava que tudo fosse se tornar ainda mais complicado.

"- É por causa do seu pai? Eu poderia conhecê-lo se você quiser, mostrar que não sou uma ameaça à filha dele.- Não acho que seria uma boa ideia - falei, tentando imaginar como seria levar um garoto em casa para conhecer meu pai. - Mas estou falando sobre... eu ser complicada.- Todo mundo é complicado - disse ele, coçando a têmpora.- Não da mesma forma que eu. Eu tenho um passado, ok? E garanto que você não quer se envolver com ele.- Todo mundo tem um passado. Isso não significa que você não possa ter um futuro."



Tudo o que Amanda queria era apenas ser uma garota e viver sua vida sendo ela mesma. Mas Amanda enfrentava algo que muitas mulheres e homens trans enfrentam diariamente: a transfobia! 

De acordo com o levantamento feito pela Associação Nacional de Travestis e Transexuais do Brasil (ANTRA), em parceria com o Instituto Brasileiro Trans de Educação (IBTE), em 2018 - no Brasil - ocorreram 163 assassinatos de pessoas trans, sendo 158 travestis e mulheres transexuais, quatro homens trans e uma pessoa Não-Binária. Dados alarmantes que reforçam o quanto o preconceito está aí, matando e ferindo pessoas por elas simplesmente não serem julgadas como 'normais' por uma parcela da sociedade machista, preconceituosa e hipócrita.  



"Apenas uma garota" por ser escrito pela Meredith Russo, que é uma mulher trans, e contar a história de outra garota trans, aborda um pouco dos desafios diários da comunidade. A autora convida o leitor a conhecer mais sobre os sentimentos da Amanda, sobre o processo de mudanças do corpo, situações constrangedoras que ela enfrenta e muito mais. Muita coisa inspirada na realidade que muitas pessoas trans enfrentam.  

No decorrer da narrativa, vamos conhecendo mais e mais a protagonista e suas angustias e vibramos quando enfim a Amanda conhece garotas que são grandes amizades para ela. Ainda conhecemos o passado dela em alguns momentos de flash-back. Ficamos apreensivos com a relação dela com o Sr. Hardy, mas torcendo firme para que ele seja o pai que a Amanda sempre precisou que ele fosse. E aos poucos esse laço afetivo vai ficando mais firme. 



E é claro que o leitor vibra ainda mais pela relação dela com o Grant. A autora faz questão de apresentar um outro lado do Grant. Humaniza mais o personagem apresentando seus medos e desejos. Em alguns momentos toda a mistura vai causando uma confusão de sentimentos. É tudo muito complicado por complicarem a vida das pessoas trans. Por isso toda a narrativa dialoga bem com a realidade. Não é nada exagerado ou ingênuo. É realista. Quase palpável.  

Ao mesmo tempo em que a gente sofre com a personagem com medo dela sentir na pele a dor do preconceito, a gente torce para que tudo dê certo e ela enfim consiga ser feliz e atinja os objetivos dela. É angustiante e o pior: toda essa narrativa pode ser algo vivido e sentido, até de forma mais violenta, por muitas pessoas no Brasil e no mundo. É triste e indignante! 



Não vou me prolongar mais, até por não saber exatamente o que é ser uma pessoa trans e metade do que ela enfrenta no dia-a-dia. Como sempre digo, só sabe quem sente. Não quero tomar esse lugar de fala diante das experiências que já ouvi e vi. Mas só digo uma coisa: leia "Apenas uma garota" e embarque nessa história tocante sobre amizade, paixão, lutas, tristezas, mas, também, de esperança e sonhos. 

A obra da Meredith Russo tem o título original de "If I Was Your Girl". Ela foi publicada no Brasil através da Editora Intrínseca. Traduzida por Joana Faro, a obra possui uma capa linda - com a modelo trans Kira Conley -, a fonte tem um tamanho agradável, as folhas são levemente amareladas e a edição possui orelhas. Tudo muito sútil e caprichado! 

Para finalizar a resenha, deixo o player de "All Night", canção do grupo sueco Icona Pop. A música é citada em determinado momento da leitura de "Apenas uma garota": 



📚Boa leitura, pessoal!📚


📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB


Sugestão de pauta ou parceria: pedrogabrielb@bol.com.br

Parceria: autora Danny Tavares


Oi, pessoal. Tudo bem?

Hoje estou passando para anunciar uma ótima novidade. É que o blog agora é parceiro da autora Danny Tavares

Apaixonada por livros desde criança, leitora voraz, Danny conheceu a literatura em romances internacionais, mas foi com autoras nacionais que a paixão e vontade de escrever tornou-se real. 

Com três antologias lançadas: “Contos de Uma PrimaveraEditora Iluminare, “Tardes Quentes de um inverno a Dois” da Ler Editorial e “Sex DriveRico Editora, ela chega ao mercado literário. Em breve lançará um projeto solo e novidades voltadas ao incentivo de novos autores no mercado nacional. 

Danny também é a mais nova Colunista da equipe “Publique Online” e quer mostrar aos leitores do gênero Hot que as histórias contadas podem ser muito mais que cenas de sexo, que pode haver representatividade e sempre um pouco do velho e bom clichê.


Em parceria com a autora, o blog terá o privilégio de apresentar pra vocês o livro "Sex Drive", antologia em que ela é autora do conto "Uma segunda chance". Vamos conhecer um pouco sobre o livro e o conto dela: 

SINOPSE: Nunca se falou ou se escreveu tanto sobre erotismo na literatura quanto agora. São contos, novelas, e romances que, diante da criatividade do autor, instiga a imaginação do leitor.  Homens e mulheres são protagonistas de histórias eróticas picantes e autônomas. A liberdade e a disposição em escrever temas eróticos nunca estiveram tão em voga. Por isso, sem perder tempo, já passou da hora de cada um assumir o seu posto e mergulhar de cabeça em seus desejos mais ardentes, e provar que sexo é muito mais que um ato em si, mas um envolvimento físico, psíquico e emocional de mentes fervilhando e corpos em brasa, frenéticos para doar e receber prazer, emanando uma energia intransponível.  Para muitos é a sensação mais relaxante que existe. Os textos desta antologia exaltam toda a energia sentida desde as preliminares até o orgasmo. Deleite-se na leitura, sinta os nervos ouriçados e perceba todas as sensações que exalam em momentos de puro êxtase. Por: Maleno Maia

SINOPSE DO CONTO “UMA SEGUNDA CHANCE”: Neste conto sensual e picante, você conhecerá Allyson Walker, que para pagar suas dívidas, aceita trabalhar por uma noite em um clube de sexo no lugar da amiga. Decidida que este dia mudará sua vida para sempre. O que ela não esperava, era encontrar um cliente mais do que conhecido, e descobrir que o destino tem suas surpresas.

Páginas: 150 | Gênero: Ficção/Romance/Contos/Eróticos | Autores: Danny e outros 21 autores | Adicione: Skoob | Compre: Loja Eu leio Brasil


E aí, bateu aquela curiosidade para conhecer o livro, né? Para os amantes de romances eróticos esse parece ser um livro bem interessante, hein? Aproveitem para adquirir o exemplar de vocês. 

Já eu, aproveito aqui para agradecer a Danny Tavares pela oportunidade em sermos parceiros e poder contribuir na divulgação dessa obra que também foi feita por ela. Desejo que seja uma parceria forte e duradoura e que cada vez mais os leitores possa conhecer o talento dela, que não é pouco. Um dom é um dom, né gente? :)

Em breve volto com mais novidades sobre o livro e a autora, pessoal. Até a próxima! 



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria: 
pedrogabrielb@bol.com.br


Correio Literário #23: Julho e Agosto - 2019


Oi, pessoal! Tudo bem por aí?

Hoje é dia de apresentar para vocês os livros que foram enviados para o blog no decorrer de julho e agosto. Chegaram lançamentos da Ler Editorial, Paulinas Editora, Darkside Books, Autografia Editora, Meus Ritmos Editora e outros recebidos. 

Vamos conferir as novidades do blog:



No início de julho, a Ler Editorial enviou um exemplar de "Tardes quentes de um inverno a dois", uma coletânea com histórias eróticas, que foram escritas por diversos autores brasileiros. Junto com o livro a editora enviou um marcador de página - que esqueci de tirar foto dele acompanhado do livro. 



A Paulinas Editora enviou duas obras: "Lua Noite e Dia" e "O Colecionador de Chuvas", ambos escritas pelo autor André Neves



A Darkside Books enviou um dos mais recentes lançamentos: "Lady Killer" de Joëlle Jones e Jamie S. Rich. Junto com a graphic novel, a editora enviou 5 marcadores do livro "Objetos Sobrenaturais", um marcador da caveirinha e uma luva de látex.


Para fechar o mês de julho, a Autografia Editora enviou um exemplar do novo livro de mistério publicado por eles: "Filha do Ódio", escrito por Rute Moura.



Iniciando agosto, o blog recebeu "Pompeia", que faz parte da série "O Príncipe Pardo e os Reinos Perdidos" escrita pelo autor Fábio L. Shadow, publicada pelo Selo Talentos, do Grupo Editorial Selo Jovem.  



A Meus Ritmos Editora enviou um exemplar de "Bicha, Para!", lançamento que foi escrito pelo youtuber Guigo Kieras



O blog também recebeu "O que as telenovelas exibem enquanto o mundo se transforma", escrito por Valmir Moratelli e publicado através da parceira Autografia Editora



Para fechar o mês, o escritor cearense Domingos Pascoal me presentou com 4 livros: "Experimente Mudar" (volumes 1 e 2), "I Antologia Literária Loja Maçônica Cotinguiba" e "IV Antologia Literária Loja Maçônica Cotinguiba".


Adorei as novidades! Muito obrigado, Ler Editorial, Darkside Books, Paulinas, Meus RitmosAutografia, Fábio L. Shadow e Domingos Pascoal. Em breve conto o que achei dos livros.

Até a próxima, pessoal! 



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria: 
pedrogabrielb@bol.com.br


Resenha: "Lady Killer", de Joëlle Jones e Jamie S. Rich

Resenha por: Pedro Gabriel
Obra: Lady Killer 
Autores: Joëlle Jones e Jamie S. Rich
Editora: Darkside Books
Gênero: Ficção/Suspense/Mistério/Graphic novel
Páginas: 144  |  Ano: 2019
Onde Comprar: Amazon (capa dura) | Loja Darkside Books 
Adicione: Skoob
Nota: ★★★★★
Livro cedido pela editora.
SINOPSE: Josie Schuller é uma mulher única: esposa dedicada, mãe amorosa e... uma assassina de aluguel. Ela é capaz de equilibrar os deveres de uma típica dona de casa norte-americana dos anos 1960 com uma porção de assassinatos a sangue-frio, até que um pequeno deslize faz com que seu chefe ameace aposentá-la de vez. Lady Killer mescla ação, morbidez, sangue e humor, e seus diálogos ironizam muito do que se pensava sobre as mulheres na época, dentro e fora de casa. Ninguém faz ideia de que Josie leva uma vida dupla: seus vizinhos acham que ela é um doce de pessoa. E, bem, ela é. Exceto quando está em uma missão. O Sonho Americano de Josie e sua família está em perigo, mas será que isso é realmente um problema tão grande assim?"

💀🔪👥👪🔨💀

"Sexo frágil", "Se sabe cozinhar, já pode casar", "Você só sabe pilotar bem o fogão", "Mulher e carro não combinam", "Lugar de mulher é na cozinha", "Depois que teve filhos ficou acabada"... xiiiiii. É muita radiação, né?! Essas são só algumas das frases clichês que as mulheres escutam diariamente. É o reflexo do machismo que bate de frente com elas diariamente. Em 1950 não era tão diferente. Josie Schuller se desvia de tudo isso facilmente e quebra todos esses paradigmas tão enraizados desde muito tempo em "Lady Killer". 



Ela é mãe de duas garotinhas, casada com o Gene e vive na mesma residência com a sogra - que acha que há algo de suspeito com Josie. A sogra acha muito estranhas as saídas da nora, os horários dela e tudo mais. Sempre com uma pulga atrás da orelha quando se trata da adorável Josie. A mãe tentar alertar Gene sobre os horários da esposa, mas o marido não liga e nem desconfia de nada. Pelo contrário, admira a Josie por sua responsabilidade, dedicação com as crianças, a casa em que vivem e com ele.

O que ninguém imagina é que Josie leva uma vida dupla. Que esconde um grande segredo: ela é uma assassina de aluguel, que mata homens ricos, pessoas influentes em algum segmento. 



Subestimada pelas pessoas - principalmente homens -, Josie mostra que força e sagacidade são atributos que não faltam para qualquer mulher, principalmente para ela diante das missões que lhe são dadas - e que não são poucas.

O problema é que essas características ascenderam um alerta para a organização criminosa para qual ela realiza esses trabalhos extras. Com isso, sua própria vida está em risco, pois ela se tornou o próximo alvo da máfia. A queima de 'arquivo'. O chefe dela só não esperava que se livrar de Josie seria tão difícil. 



"Lady Killer" é instigante, surpreendente e sangrenta. A Joëlle Jones e o Jamie S. Rich conseguiram criar uma graphic novel espetacular que levanta questionamentos sobre as imposições contra as mulheres e o quanto duvidam de suas capacidades. A crítica é feita num contexto dos anos 50, mas é interessante perceber que ela ainda se aplica aos tempos atuais. "Não deveria ser diferente?!", pois é! Mas não é! 

Joëlle Jones desenvolveu uma narrativa fascinante, engraçada - em alguns momentos -, com ação e muito sangue. Os personagens foram muito bem construídos e todos desenvolvidos em algum momento, principalmente a Josie. A protagonista consegue se dividir facilmente para se dedicar às suas filhas, marido e sua residência. Com sua dupla personalidade, é possível até mesmo amar a personagem, mesmo sendo tão cruel. Mas ela estava apenas fazendo seu trabalho. O que mal tem, né?! rsrs 



Essa dupla personalidade de Josie nos leva a obras incríveis que retratam mulheres donas de casa, exemplos da boa vizinhança e a da sociedade em geral que deixaram suas marcas registradas na história por seus crimes bárbaros. 'Deslizes' que podemos encontrar de forma bem detalhada através de "Lady Killers - Assassinas em série", da Tori Telfer, "Serial Killers - Anatomia do Mal", do Harold Schechter e "Arquivos Serial Killers: Louco ou Cruel? e Made In Brazil", escrito pela criminóloga Ilana Casoy. Obras que reúnem homens e mulheres que fizeram muito sangue derramar por esse mundão.  

Enfim, ler "Lady Killer" foi uma experiência mais que agradável. É uma leitura imperdível para os amantes de HQs, de histórias envolvendo assassinatos, principalmente os amantes de obras que tenham serial killers. A edição é um prato cheio! 



"Lady Killer" foi publicada no Brasil através da Darkside Books. A graphic novel, que foi traduzida pela Raquel Moritz, tem a capa dura, possui ilustrações magnificas ao longo da edição, com traços e cores perfeitas. Na edição o leitor ainda conta com um super prefácio escrito pela Tori Telfer e no final uma seção contendo os rascunhos dos autores da obra. Uma edição cavernosa e sangrenta para a sua estante de livros. 








Boa leitura, pessoal!  


📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB


Sugestão de pauta ou parceria: pedrogabrielb@bol.com.br

Lançamento: "Quando a Gente Acontece”, de Belle Leal


Oi, pessoal. Tudo bem?

Hoje estou passando para apresentar o livro "Quando a Gente Acontece”, um dos recentes lançamentos da Editora Pandorga. O romance foi escrito por Belle Leal. Confira:   

SINOPSE: Aos 26 anos, Sophie Leal d’Ávilla se sente (quase) satisfeita com tudo o que já conquistou. Mesmo sendo tão jovem, sua carreira como cirurgiã é brilhante e segue crescendo a cada operação. Mas ela sabe que, apesar de ter alcançado tantas ambições com muito esforço, seu coração continua inquieto. Sophie não entende o porquê, mas ainda não criou coragem para dar fim ao relacionamento de um ano que jamais será o amor que ela sonhou e almejou por tanto tempo. Além disso, o mundo da médica desaba quando seu amado padrinho morre subitamente. Como se sua vida já não estivesse bagunçada demais, ela vira de cabeça para baixo com a leitura do testamento de Tio Haroldo. Era só o que faltava… casar para receber a herança deixada para ela. Não bastasse isso, seu pretendente Alexander Dantas Ferraz é também o primeiro amor que roubou seu coração e o partiu anos atrás. Entre um turbilhão de sentimentos e desejos adormecidos, tudo acontece num piscar de olhos. Sophie não consegue resistir. Assim como Alexander, ela se rende às inúmeras surpresas que aparecem e à paixão que nunca se apagou. É mais ou menos assim que tudo acontece.”

Páginas: 160 | Gênero: Ficção/Romance | Compre: Loja Editora Pandorga 



Sobre a autora

Estudante e escritora cearense Belle Leal, nasceu no dia 27 de março de 2003. Desde pequena, sempre foi encantada pelas palavras, ainda que, naquela época, não gostasse de usá-las. Começou a escrever suas histórias aos 10 anos de idade. É leitora voraz, e se apaixona perdidamente pelos livros que lê. Além de "Quando a Gente Acontece", Belle é autora da obra "O Lado Estranho do Amor", toca piano, fala inglês e sonha em fazer faculdade de Medicina. A autora tem duas obras publicadas: "O Lado Estranho do Amor" e o seu recente lançamento "Quando a Gente Acontece". 


Deu pra ficar com aquela vontade de ler mais, né? Então aproveitem, pois a autora liberou alguns capítulos de forma gratuita através do site dela. 

Na Amazon têm diversas obras publicadas pela Editora Pandorga. Podem dar um pulinho por lá para conferir, certo? 

Em breve volto com mais dicas de leituras. Até a próxima! 



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria: 
pedrogabrielb@bol.com.br


Lançamento: "O Lado Sombrio do Sítio”, organizado por Felipe S. Mendes e André Vianco


Oi, pessoal! Tudo bem por aí, né? 

Hoje vou apresentar para vocês um dos mais recentes lançamentos da Lura Editorial: "O Lado Sombrio do Sítio”, antologia de curadoria dos autores Felipe S. Mendes e André Vianco. A obra traz em suas páginas contos de terror e suspense recontando - de uma forma aterrorizante - o mundo do Sítio do Picapau Amarelo, do consagrado e eterno Monteiro Lobato

Vamos conhecer mais sobre a antologia: 

SINOPSE: Imagine que o mundo encantado do Sítio do Picapau Amarelo de repente se torna escuro e sombrio, cheio de novas e horripilantes descobertas. É o que o leitor encontrará nas páginas desta inovadora antologia de contos, organizada por Felipe S. Mendes em parceria com a Hardcover, o autor best-seller André Vianco e a Lura Editorial. O Lado Sombrio do Sítio vem trazer em suas páginas alguns contos de terror e suspense, cada qual escolhido com a singela pretensão de resgatar e homenagear as mais belas histórias de Monteiro Lobato, que mexeram com o imaginário infantil de gerações através de seus ricos personagens folclóricos, mas agora com um toque bem sombrio.


Páginas: 288 | Adicione: Skoob | Gênero: Ficção/Contos/Suspense/Terror | Compre: Loja Lura Editorial 


Conheça os organizadores da antologia: 

FELIPE S. MENDES

Em 2015 extirpou seus demônios Bukowskianos lançando o livro Pseudo, de poemas Beats ao molho Tarantino entre os Logins e Logouts da era contemporânea. Em 2018 lançou Linha 4 Amarela, sobre um ataque terrorista na Linha 4 do Metrô de São Paulo que foi o thriller mais vendido da Bienal do Livro de SP e o lançamento com maior público da Livraria Cultura. E 2019 vem com três super projetos, o lançamento de Linha 3 Vermelha e o Menino Azul além da Antologia O lado Sombrio do Sítio em parceria com a Lura Editorial e Hardcover do mestre André Vianco.


ANDRÉ VIANCO

André Vianco, escritor, best-seller, romancista, roteirista e diretor de cinema e de televisão brasileiro, tornou-se especialista em literatura de terror, sobrenatural, de baixa fantasia e vampiresca. Alcançou a fama em 1999 com o romance Os Sete, tornando-se um best-seller. Seus livros já venderam mais de um milhão de exemplares, e em 2018 foi chamado, junto a Max Mallmann, Raphael Draccon e Eduardo Spohr, de um dos principais autores brasileiros de fantasia do século XXI. À convite da Lura Editorial é convidado de honra da antologia de contos de terror “O Lado Sombrio do Sítio”, que vai homenagear o autor Monteiro Lobato, criador do sítio mais famoso da literatura brasileira, "O Sítio do Picapau Amarelo", com conto exclusivo de Vianco: "Pirlimpimpim".


Essa foi a dica de leitura de hoje. Espero que tenham gostado e aproveitem para adquirir logo o exemplar de vocês, certo? Até a próxima, pessoal! :) 



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚


Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria: 
pedrogabrielb@bol.com.br


Conheça "Vozes do Joelma", coletânea inspirada na tragédia do Edifício Joelma


Alguns lugares estão condenados pela memória trágica das calamidades que mancharam a sua terra com sangue e lágrimas. Espíritos que continuam a perambular pelo local de sua morte à procura de uma saída, ou muitas vezes, aprisionados no eterno sofrimento por não saber que faleceram de maneira repentina, apavoram os vivos que invadem seus domínios. Um desses lugares é o terreno onde foi construído o Edifício Joelma, ele possui os requisitos clássicos de um solo maldito, obedecendo o padrão de dores e angústias que se repetem insistentemente através do tempo...

A Faro Editorial lança em agosto a coletânea de terror “Vozes do Joelma”, com contos dos quatro grandes nomes do terror e suspense nacional na editora: Marcos De Brito Marcus Barcelos, Rodrigo de Oliveira e Victor Bonini. Cada autor criou uma história assustadora inspirada na histórica trágica do Edifício Joelma em São Paulo, um horror que atravessa gerações que me mantém seus segredos e fantasmas vagando até hoje.Se as histórias são verdadeiras, nunca saberemos, a única certeza é que este lugar se tornou uma mina inesgotável de mistérios, e neste livro alguns deles estarão expostos a loucura dos autores que buscam uma explicação.


Operação de combate ao incêndio no Edifício Joelma | Foto de arquivo/Agência O GLOBO

O incêndio no Edifício Joelma em 1974 segue como uma das maiores tragédias da nossa história. Quase 200 mortos e mais 300 feridos marcaram com sangue, desespero e dor aquele lugar como um dos mais amaldiçoados da cidade de São Paulo. Até hoje relatos fantasmagóricos nos corredores do prédio, lamurias noturnas que aterrorizam os moradores da região. Mas o que pouca gente sabe é que ali, onde esse prédio maldito foi construído, aquele terreno foi palco de um crime hediondo: um homem matou a mãe, as irmãs e as enterrou naquele terreno. E uma terra marcada com sangue e sofrimento, tende a cobrar um alto preço.

Páginas: 288 | Gênero: Ficção/Romance/Policial/Contos | Autores: Marcos De Brito Marcus Barcelos, Rodrigo de Oliveira e Victor Bonini | Compre: Amazon (Físico)

Sobre os autores

Marcos DeBrito, Rodrigo de Oliveira, Marcus Barcelos e Victor Bonini são autores reconhecidos pela crueldade de seus personagens e grandes reviravoltas nas narrativas. As mentes doentias por trás dos livros "A Casa dos Pesadelos", "O Escravo de Capela", "Dança da Escuridão", "Horror na Colina de Darrington", "Quando Ela Desaparecer", "O Casamento", "Colega de Quarto", e da série "As Crônicas dos Mortos", se uniram para criar versões perturbadoras sobre as tragédias que ocorreram em um terreno amaldiçoado,e convidaram o igualmente perverso Tiago Toy para se juntar na tarefa de despir os homicídios, acidentes e assombrações que permeiam os boatos sobre o Edifício Joelma.



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚


Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria: 
pedrogabrielb@bol.com.br