18/07/2018

Um Jack London que poucos conhecem


A Editora Penalux vem investindo em traduções de livros que estão fora dos catálogos das editoras há décadas e também em publicações inéditas no mercado editorial brasileiro, como foi o caso, em 2016, da obra O Grande Deus Pã, novela do escritor galês Arthur Machen; e, em 2017, da coletânea de contos Assovie que virei: histórias de fantasmas, do inglês M. R. James.

16/07/2018

Resenha: "O Idiota", de André Diniz

                                        Resenha por: Pedro Gabriel 
Obra: O Idiota 
Autor: André Diniz 
Ilustrações: André Diniz 
Editora: Quadrinhos na Cia. (Companhia das Letras) 
Gênero: HQ/Romance/Drama
Páginas: 416
Ano: 2018
Onde Comprar: Amazon - Físico 
Adicione: Skoob
Nota: ★★★★☆ 
Livro cedido pela editora.
SINOPSE: Em preto e branco, e num registro quase sem palavras, André Diniz propõe uma recriação surpreendente de O idiota, obra máxima de Fiódor Dostoiévski. Publicado em 1869 e escrito em meio a crises epilépticas e perturbações nervosas e sob a pressão de severas dívidas de jogo, o romance é um dos mais célebres da literatura mundial. Sua oralidade intensa encontra na explosão e na fluidez, na ternura e na enorme capacidade expressiva do traço de Diniz, uma correspondência única. A história é conhecida: após anos internado num sanatório suíço para tratar sua epilepsia, o jovem Míchkin retorna à Rússia e se vê envolvido num triângulo amoroso cujos ares folhetinescos darão o tom desta adaptação. Entre a vilania de Rogójin, um devasso perdulário que dilapida a fortuna herdada de seu pai, e a beleza arrebatadora de Nastácia Filíppovna, acompanharemos Míchkin e sua pureza quixotesca até o desenlace desta bela e trágica graphic novel.

👤❤👥

Em "O Idiota", André Diniz narra, através de quadrinhos, a história de Liev Míchkin, um príncipe de 27 anos que há muito tempo estava internado num sanatório, na Suíça, tratando de suas crises de epilepsia - doença que na época, consequentemente, lhe rotulava como um 'idiota'. 

12/07/2018

Correio Literário #14: Junho - 2018


Oi, pessoal!

Em junho o blog recebeu diversos livros de presente, pra sorteio e outros pra serem resenhados aqui pra vocês. Muitos desses lançamentos são de parceiros fixos e outros são de editoras e autores que apoiam o blog na difusão da literatura nacional. 

06/07/2018

Lançamentos: Ler Editorial (Julho/2018)


Oi, pessoal!

A Ler Editorial está a todo vapor preparando as novidades que irão lançar na 25º Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que acontecerá de 03 a 12 de agosto de 2018. Além de marcar presença, a editora irá realizar diversas sessões de autógrafos com autores deles e independentes também. 

02/07/2018

Resenha: "Romanxorcismo", de Marcia Dallari

Resenha por: Pedro Gabriel 
Obra: Romanxorcismo
Autora: Marcia Dallari
Editora: Penalux
Gênero: Contos
Páginas: 102
Ano: 2017
Onde Comprar: Loja Editora Penalux 
Adicione: Skoob
Nota: ★★★★★
Livro cedido pela editora.
SINOPSE: Após um difícil término de namoro, a narradora, buscando expulsar de si o objeto amado, passa um ano entrevistando amigos e amigos de amigos pedindo suas experiências de amor em troca das dela. Uma a uma as histórias são contadas nesse livro e classificadas nos quatro estágios do exorcismo: Presunção, Ponto Fraco, Conflito e Expurgação.

💔💔💔

Desabafar, botar pra fora os sentimentos ruins, e até mesmo os bons, é tão confortante. É como tirar um fardo das próprias costas. É se libertar!

30/06/2018

Lançamentos: Grupo Companhia das Letras (Junho/2018)


Oi, pessoal!

Lá se vai mais um mês, mas bem marcado por lançamentos bastante aguardados pelos leitores do Grupo Companhia das Letras. Novidades da Editora Seguinte, Quadrinhos na Cia., Editora Paralela e outros selos comerciais do grupo editorial. 

29/06/2018

Conheça "Um Novo Amanhã", do autor Saulo Ferreira


Oi, pessoal!

Hoje eu trouxe um dos lançamentos do Selo Talentos, pertencente ao Grupo Selo Jovem, para indicar pra vocês. O livro escolhido foi "Um Novo Amanhã", escrito pelo jovem autor Saulo Ferreira.

27/06/2018

Resenha: "HEX", de Thomas Olde Heuvelt

Resenha por: Pedro Gabriel 
Obra: HEX
Autor: Thomas Olde Heuvelt
Editora: Darkside Books 
Gênero: Terror
Páginas: 368
Ano: 2018
Onde Comprar: Amazon - Físico (capa dura)
Adicione: Skoob
Nota: ★★★★☆
Livro cedido pela editora.
SINOPSE: Toda cidade pequena tem segredos. Mas nenhuma delas é como Black Spring, o pacato vilarejo que esconde uma bruxa de verdade do resto do mundo. Os moradores sabem que não se deve mexer com ela. Assim como aconteceu com as bruxas de Salem, Katherine Van Wyler foi condenada à fogueira. Mas a feiticeira sobreviveu e continua rondando a cidade, mais de trezentos anos depois. Seus olhos e sua boca foram costurados, para impedir que ela lance maldições fatais. Os habitantes de Black Spring controlam seu passos através do HEXApp, um aplicativo de celular, 24 horas por dia. A vigilância constante aumenta o clima de paranoia na cidade, enquanto um grupo de adolescentes desafia as regras e resolve zoar a bruxa para ver se ela é tão perigosa quanto dizem...

De longe, a pacata cidade de Black Spring é parecida com qualquer outra cidade pequena de interior. Serena, aconchegante e com suas peculiaridades. Mas, o que os forasteiros não sabem é que Black Spring há anos guarda um segredo assustador. E 'esse segredo' circula livremente pela cidade, floresta... e moradias dos habitantes. 

💀💀💀

26/06/2018

TAG: Junino literário


Oi, pessoal!

Estão aproveitando a época junina? Comendo muitas comidas típicas e dançando quadrilha? E as leituras? Que época boa pra aproveitar pra por a leitura em dia, né? Pra quem tem recesso, claro. 

Pensando nos livros - como sempre - e em trazer algumas dicas literárias pra vocês, resolvi responder a Tag Junino literário

25/06/2018

A liberdade do azul


Marília Lima faz da introspecção um chamado para a comunhão com o mundo. O azul, tão panorâmico da capa do livro, ao mesmo tempo que fala da calmaria, remetendo os olhos do observador para as paisagens bucólicas da natureza, chama ao isolamento, a algo natural e essencial à condição humana.

24/06/2018

Resenha: "Meu Erro Predileto", de Giselle Tavares

Resenha por: Pedro Gabriel
Obra: Meu Erro Predileto
Autora: Giselle Tavares
Editora: PenDragon
Gênero: Romance/Ficção
Páginas: 210
Ano: 2016
Onde Comprar: Amazon - Físico ou E-book | Loja PenDragon
Adicione: Skoob
Nota: ★★★★☆
Livro cedido pela editora.
SINOPSE: Jullyanna vivia um conto de fadas até que ela descobre que o seu príncipe perdeu o encanto e voltou a ser um sapo, transformando sua vida perfeita em um pesadelo.Decidida a nunca mais se apaixonar, e certa de que o amor não existe, ela jura a si mesma que manterá distância do sexo masculino.Tudo está indo perfeitamente bem até que Daniel entra em sua vida. A partir desse momento, ela se vê sem saída e acaba cometendo uma sequência de erros. O que ela não esperava, era que um desses erros, se tornaria o seu erro predileto.


✖👫💗✔

Pedro e Jullyanna se conheceram na escola quando estudavam na mesma turma. Ela era meio nerd e ele totalmente. Seu jeito de ser e seus aspectos físicos - magro, rosto cheio de espinhas, introvertido - eram motivos de chacota e exclusão por parte dos alunos. Mas surgiu uma oportunidade de Jully conhecer Pedro melhor e acabaram desenvolvendo algo maior entre eles. 
Blog do Pedro Gabriel | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2012 - 2018 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS