sponsor

sponsor
Tecnologia do Blogger.

Slider

Literatura nacional

Literatura internacional

Lançamentos

Quotes

Entrevistas

Tags

Sorteios

Lançamento: "Minha Melhor Amiga", de Dan Folter


Oi, pessoal! :)

Hoje eu tô passando por aqui para dizer que a Ler Editorial anunciou a publicação de mais uma obra, dessa vez um romance emocionante. A obra é foi escrita pelo paulistano Dan Folter, que é autor de "O Mistério de Boa Esperança" e "Um Poema de Guerra", além de ter participado de diversas antologia, dentre elas, "Amigos Para Sempre?", publicada pela Ler Editorial. 

Neste novo romance, o autor nos apresenta a história de Luciana e da pequena Sara, uma garotinha de rua. Confira a sinopse: 


"Até onde você iria para ajudar uma pessoa? Luciana nunca havia pensado a respeito. Ela se preocupara mais com os cães abandonados que resgatava, acreditando estar fazendo a sua parte. Mas tudo isso mudou no dia em que conheceu Sara, uma criança de rua, pedindo esmolas no farol ou de porta em porta. Porém, adotar uma criança não é tão simples quanto adotar um cão. Luciana terá sua vida inteira modificada, sua casa, seu trabalho, seus amores, tudo em uma luta desesperada para salvar a vida de Sara. Uma história emocionante sobre amor e amizade."


Páginas: 216 | Gênero: Ficção/Romance/Drama | Adicione: Skoob | Compre: Loja Ler Editorial 

O que estão dizendo...

“Sara e Luciana se conhecem de uma forma peculiar e descobrem que, mesmo com idades diferentes, estão vivendo algo semelhante. Juntas, vivem momentos que me levaram a torcer e vibrar por elas a cada capítulo, e mesmo quando separadas o único desejo que eu sentia era que elas, enfim, pudessem desfrutar o prazer de estarem juntas novamente. Desta vez, porém, sem nenhum empecilho. Foi incrível a forma como Dan Folter trabalhou o tema abordado, deixando a leitura leve e prazerosa.” - Luciana Custódio - canal Entre livros e prosa.


E aí, ficaram curiosos, né? De uma coisa eu sei: já adicionei o livro na lista de desejados e nas metas de leituras desse ano rsrs.

Me avisem quando vocês conseguirem ler o livro também, okay? Até a próxima, pessoal! :) 



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB


Sugestão de pauta ou parceria: pedrogabrielb@bol.com.br

Lançamento: "Na rota de traficantes de obras de arte", de Mazé Torquato Chotil


Está para ser lançado pela Editora Penalux o livro "Na rota de traficantes de obras de arte", da escritora Mazé Torquato Chotil, cuja história traz como tema principal o roubo de quadros valiosos, envolvendo uma rota que passa pelo Paraguai, Brasil (Mato grosso do Sul/São Paulo) e França. A história possibilita ao leitor uma viagem pelo mundo das artes, sobretudo às artes plásticas. Na trama, esses objetos culturais de alto valor são utilizados por criminosos para lavar dinheiro derivado do tráfico. 

Trabalhando no combate ao crime, Marta, agente da Polícia Federal brasileira (Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente e Patrimônio Histórico), se desloca até Paris e Lyon, sede da Interpol, organização internacional de polícia criminal, para juntar esforços no desmantelamento da quadrilha que “trabalha” entre os territórios brasileiro, paraguaio e francês. 

Os traficantes remetem as obras roubadas por navio: quadros de pintores brasileiros e sul-americanos, entre outras peças que são destinadas a compradores europeus e americanos. 

“A história começa com a chegada da agente brasileira em Paris”, adianta a autora. “Lá, ela se junta ao comando das operações que vai à captura dos criminosos. O enredo mescla pitadas de jornalismo e suspense policial”, conclui. 

O leitor acompanha passo a passo essa viagem nos bastidores do combate ao crime. “Uma operação policial de tirar o fôlego”, escreve Cláudia Marczak, escritora que assina a apresentação do livro. “De país em país, cada etapa da ação possui uma riqueza de detalhes intensa. A sensação inicial da leitura é de uma grande viagem. É um mercado ilegal e milionário. Em sua narrativa, Mazé detalha cada etapa da ação com maestria e enreda o leitor no movimento de ir e vir, peculiar da estratégia da polícia, buscando romper esse círculo criminoso. Como resultado, o leitor é transportado para dentro da trama, das imagens e percepções do que é narrado. O conhecimento impecável sobre as obras proporciona ao leitor uma imagem real do que acontece no submundo do crime.” 

Trecho

O avião, vindo de São Paulo, aterrissa no Aeroporto Internacional Charles de Gaulle, na periferia norte de Paris, na cidadezinha de Roissy-en-France, que os turistas não conhecem, só passam pelo aeroporto. Nessa manhã de primavera europeia, 1º de maio, o tempo é cinza e uma neblina fina é constante. Antes de pegar o trem para Lyon, sede da Interpol onde trabalhará, Marta passa por Paris. Seu colega da Polícia Federal, sediado na embaixada brasileira, que está na mesma missão, trabalhando em ligação com os franceses, vem buscá-la no aeroporto, na porta de saída dos viajantes. Ele deve lhe mostrar os lugares que membros da gangue frequentam e onde atuam, além de tudo que pôde saber do trabalho em comum com a polícia francesa e a Interpol. 

Páginas: 110 | Gênero: Ficção/Romance | Compre: Loja Penalux 


Sobre a autora 

É jornalista, pesquisadora e autora. Doutora em ciências da informação e da comunicação pela Universidade de Paris VIII e pós-doutora pela EHESS – L'École des hautes études en sciences sociales. Nascida em Glória de Dourados-MS, morou em São Paulo e vive em Paris desde 1985. Já publicou os livros: José Ibrahim: O líder da grande greve que afrontou a ditadura, Trabalhadores Exilados: a saga de brasileiros forçados a partir (1964-1985), Lembranças do sitio, Lembranças da Vila, Minha aventura na colonização do Oeste, Minha Paris Brasileira, L’Exil ouvrier e Ouvrières chez Bidermann: une histoire, des vies. 


Lançamento 

Ele vai acontecer nos dias 11 (segunda) e 12 (terça) de novembro, às 19h, na Biblioteca Estadual Isaias Paim, que fica na av. Fernando Corrêa da Costa, 559 – 2º andar – Vila Carvalho, Campo Grande – MS. 



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB


Sugestão de pauta ou parceria: pedrogabrielb@bol.com.br

Resenha: "Sex Drive", organizado por Ceiça Carvalho

Resenha por: Pedro Gabriel
Obra: Sex Drive
Autores: 25 autores
Editora: Rico Editora
Gênero: Ficção/Contos/Eróticos
Páginas: 150
Ano: 2019
Onde Comprar: Loja Eu leio Brasil
Adicione: Skoob
Nota: ★★★★☆
Livro cedido pela escritora Danny Tavares.
SINOPSE: Nunca se falou ou se escreveu tanto sobre erotismo na literatura quanto agora. São contos, novelas, e romances que, diante da criatividade do autor, instiga a imaginação do leitor. Homens e mulheres são protagonistas de histórias eróticas picantes e autônomas. A liberdade e a disposição em escrever temas eróticos nunca estiveram tão em voga.Por isso, sem perder tempo, já passou da hora de cada um assumir o seu posto e mergulhar de cabeça em seus desejos mais ardentes, e provar que sexo é muito mais que um ato em si, mas um envolvimento físico, psíquico e emocional de mentes fervilhando e corpos em brasa, frenéticos para doar e receber prazer, emanando uma energia intransponível. Para muitos é a sensação mais relaxante que existe. Os textos desta antologia exaltam toda a energia sentida desde as preliminares até o orgasmo. Deleite-se na leitura, sinta os nervos ouriçados e perceba todas as sensações que exalam em momentos de puro êxtase.

🔥💓🔥

Sensualidade, erotismo e muito romance. Esses são alguns ingredientes importantes em qualquer relação. Há aquelas pessoas que gostam de apimentar ainda mais, digamos que com um pouco mais selvagem, mas ainda se utiliza desses ingredientes. Todos com o mesmo objetivo: desfrutar dos prazeres. 



Em "Sex Drive", antologia erótica organizada por Ceiça Carvalho, conhecemos 26 histórias escritas por 25 autores. Nessas narrativas, mergulhamos de cabeça no mundo de vários casais apaixonados e quentes que transbordam sensualidade através das páginas, conduzindo o leitor ao caminho do prazer.

Têm contos que narram histórias de casais que vivem juntos há anos e mantém acesa a chama da paixão; lemos histórias sobre encontros e reencontros, descobertas, aventuras sexuais pelo mundo dos prazeres e muitos mais. 



Resolvi resenhar cinco dos contos presentes na obra. Confira: 

"DOCE VENENO" de Bárbara Sales

Calor, intensidade e amor. Neste conto, conhecemos duas jovens que se encontram e se unem em um corpo só através do amor que nutrem uma pela outra. Uma paixão que só sabe quem sente.

"Amanhã será outro dia, o nascer do sol marcará mais uma vez a nossa saudade, clamaremos pelo retorno da lua para que mais uma vez possamos enganar a vida, fugir do tempo e morrer lentamente como quem ingere veneno: amor."



"ADORÁVEL CLAUSTROFOBIA" de Bruno Vieira

Sophia acordou apressada após passar parte da noite assistindo uma série. Ela tinha muito trabalho no escritório e esse atraso poderia prejudicá-la. Rapidamente se arrumou o mais rápido que pôde e entrou no elevador do prédio em que mora. Até se esbarrou num rapaz ao entrar. O que ela não esperava era que iria faltar energia e acabar ficando presa no local e que o momento fosse esquentar ao lado desse rapaz atraente.

"Ele realmente era um bom garoto. Isso pareceu acender ainda mais a chama que surgia em Sophia."



"VOCÊ DE NOVO?" de Bruna Kuchenbecker

Alana estava radiante com o sucesso que sua editora estava fazendo e resolveu receber alguns amigos para comemorar esse momento ao lado dela e do namorado. Mas eis que uma visita inesperada surge e mexe com seu coração e reacende o fogo da paixão - mas aquele que ela sentiu há 3 anos.

"'Vamos sair daqui', ele afirmou. 'Para onde?'. 'Qualquer lugar em que eu possa ter a arte que é seu corpo, a poesia que é seu rosto e a música que é sua personalidade', ele respondeu e a beijou vorazmente."



"UMA SEGUNDA CHANCE" de Danny Tavares

Alysson Walker trabalha numa industria e, misteriosamente, foi demitida. Se viu desempregada, sem grana e procurou agir para reverter essa situação. Aceitou uma proposta de emprego um bocado diferente do que fazia. Um trabalho em que seu corpo seria a mercadoria em um clube. Ela só não esperava que lá fosse reencontrar a pessoa responsável por esse turbilhão de acontecimentos em sua vida.

"Quando parei para olhar seus olhos, vi tempestades azuis me olharem de uma maneira que ninguém tinha feito antes, e meu corpo todo sentiu a excitação e o arrepio que aquele homem me causou, pude perceber que ele também não era imune a mim, pois teve a mesma reação."



"ENTRE CÁLICES, OSCULOS E COPULAS" de Geraldo Liska

Isac estava sem entender o porque de Annelise te deixar. A relação dos dois parecia que ia bem, mas algo não estava e ela partiu deixando o coração de Isac em pedaços. Como precisava terminar o período da faculdade e andava meio desorientado e triste após o término do namoro com sua amada, ele vai passar alguns dias na casa do amigo Roberto, que te deu todo o apoio necessário nesse fim de relacionamento. O clima entre os dois esquenta e algo mais forte que a amizade vai aflorar nessa estadia.

"Sempre quis olhar para você por alguns segundos e depois permanecer com meus olhos fechados por mais meia hora, enquanto todos os meus outros sentidos percebem o seu corpo."


Como vocês puderem perceber, a coisa 'pega fogo', hein?! Mas deixando a brincadeira de lado, "Sex Drive" é uma antologia bem interessante. Trata de diversos assuntos, abordar temas bem ligados a pessoas solteiras e vários casais, como o fato de alguns conseguirem - em meio a rotina diária e cansativa - apimentar a relação sem deixar algo monótono, chato. Fala sobre casais que se descobrem e se permitem viver experiências jamais vividas antes, como sexo a três. Enfim, ao longo das páginas o leitor vai conhecer muita coisa legal.



É uma obra sem pudores, para quem realmente gosta de romance hot, mas confesso que não gostei de um conto presente na obra. Não por ser hot, mas por não ter achado interessante o tema abordado. Romantiza algo que não conseguiu me cativar. Mas cada um com sua opinião, por isso não vou dizer qual foi. Prefiro que vocês leiam, reflitam e avaliem de acordo com o que vocês acharem, diante de suas vivências. 



Em suma, "Sex Drive" é uma leitura quente, excitante e apaixonante. Nos leva ao mundo dos prazeres e pode fazer muita gente refletir sobre seus próprios relacionamentos. Quem sabe estimular a ir além do que já foi e se permitir viver aquilo que é tabu para muitos, mas que pode ser um caminho prazeroso para você. 

A publicação da antologia foi feita pela Rico Editora. A capa e contra-capa da edição estão bonitas, as páginas são amareladas, há uma ilustração no início de cada capítulo e o livro possui orelhas. A obra ainda tem um índice com o nome dos contos e possui um prefácio escrito por Janaína Rico, brasileira autora de diversos romances.



"O amor é arriscar, é cometer erros, sentir a emoção de colocar tudo a prova, se permitir a pôr tudo a perder. "- "Complicada sintonia", de Bárbara Gama.

📚Boa leitura, pessoal!📚



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB


Sugestão de pauta ou parceria: pedrogabrielb@bol.com.br

Estaca de madeira para calar o uivo do lobisomem


Peter só queria ser feliz. Um trágico acontecimento vem à tona. Ao se transformar em um caçador de vampiros sua vida vira de ponta cabeça e inicia uma saga de sangue, romance, fantasia e ficção. Esta é a narrativa do livro "Graham: O Continente Lemúria", do escritor, professor de inglês, tradutor e interprete Vinícius Fernandes, que chega às livrarias pela Editora PenDragon. O título está em pré-venda junto com outro recente trabalho do autor, "Caminho Longo", que conta a história de superação e autoconhecimento do personagem Bruno, um homem gay que supera as próprias dores e os preconceitos do mundo.

Na trama de Graham, sobrenome do protagonista, o escritor navega entre o passado e o presente para revelar duas versões de Peter. Logo no início a história já apresenta o perfil mais sombrio do personagem: um caçador que seduz um vampiro em uma boate gay no Canadá – local onde a história é apresentada. O que seria, antigamente, mais uma noite de azaração e diversão, vira palco de um assassinato. Durante as caçadas, Peter é chantageado por uma possível vítima, se vê sem saída e assume a missão de matar o lobisomem e líder da matilha inimiga, John.

Engana-se quem pensa que a narrativa é apenas uma fantasia sanguinária: no passado, o jovem Peter não consegue parar de pensar em Jordan, amigo de sua melhor amiga, Lílian. Desde o primeiro encontro, durante o curso de Desenho Industrial, o personagem ficou encantado pelo novo conhecido.

“Desde que Lílian trouxera Jordan para assistir a uma aula com ela uma semana antes, Peter gostara do rapaz. Além de ser bonito (...) tinha um sorriso que prendia sua atenção, ainda mais quando aquele olhar o fitava timidamente ao mesmo tempo” – Graham – O Continente Lemúria, pág. 13.  

A grande questão da trama é o enigma por trás das memórias reprimidas do protagonista. O passado e o presente misturam amor, luta contra o preconceito, descobertas, traumas e sangue – muito sangue. A obra é a mistura da paz e da revolta, da luz e da obscuridão e de toda dualidade que cada ser humano possui dentro de si. O mix de abordagens – entre fantasia, ficção, romance – tornam a obra singular para se encaixar em um gênero ou categoria específica.

Graham: O Continente Lemúria tem o objetivo de dar voz e representatividade ao público LGBT ao tratar o tema sem pudor, marca registrada do autor. Por se tratar de um relançamento, Vinicius escreveu um final alternativo para trazer um diferencial à nova edição. O livro também conta com ilustrações do designer Erick Alves.

Páginas: 180 | Adicione: Skoob | Gênero: Ficção/Fantasia/Terror/LGBT | Compre: Loja PenDragon (combo com os dois lançamentos)


Sobre o autor

Nascido em São Paulo, o autor possui outras três obras: O Véu Entre Mundos (2016), Lázaro - A Maldição dos Mortos (2017) e Caminho Longo (2019). Com temáticas que envolvam LGBT’s, o autor busca levar representatividade e dar espaço a protagonistas que lutam por igualdade. Quando criança, Vinícius gostava de desenhar e criar histórias em quadrinhos. As produções foram transformadas em histórias escritas quando percebeu que as palavras eram o grande protagonista da sua própria vida. 



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB


Sugestão de pauta ou parceria: pedrogabrielb@bol.com.br

Mulheres e ficção: Virginia Woolf fala sobre literatura e presença feminina


Em setembro, a Penguim Companhia, do Grupo Companhia das Letras, lançou “Mulheres e ficção", coletânea de ensaios de Virginia Woolf sobre literatura e presença feminina. Vamos descobrir um pouco mais sobre a autora?

virginia woolf é hoje considerada uma das maiores escritoras do século xx, grande romancista e ensaísta, bem como figura de destaque na história da literatura como feminista e modernista. Nascida em 1882, era filha de um editor e crítico, Leslie Stephen, tendo sofrido fortes traumas na adolescência devido às mortes de sua mãe em 1895 e da meia-irmã Stella em 1897, que a deixaram vulnerável a colapsos nervosos pelo resto da vida. Seu pai morreu em 1904 e, dois anos depois, seu irmão predileto, Thoby, faleceu repentinamente de tifo. Junto com a irmã, a pintora Vanessa Bell, ela se relacionou com diversos escritores e artistas, tais como Lytton Strachey e Roger Fry, no que mais tarde foi conhecido como o Grupo de Bloomsbury. Nesse meio, conheceu Leonard Woolf, com quem se casou em 1912 e fundou a Hogarth Press em 1917, responsável pela publicação das obras de T.S. Eliot, E. M. Forster e Katherine Mansfield, assim como das primeiras traduções de Freud. Woolf levou uma vida muito ativa entre amigos e familiares, trabalhando como revisora e autora, dividindo seu tempo entre Londres e Sussex Downs. Em 1941, temendo novo surto de doença mental, cometeu suicídio, afogando-se.

Seu primeiro romance, A viagem, foi publicado em 1915, após o que ela trabalhou no livro de transição Noite e dia (1919) até chegar ao romance altamente experimental e impressionista intitulado O quarto de Jacob (1922). A partir de então, sua produção ficcional tomou a forma de uma série de experimentos brilhantes e extraordinariamente variados, cada qual buscando um novo modo de apresentar a relação entre vidas individuais e as forças da sociedade e da história. Ela se preocupava em particular com a experiência das mulheres, não apenas nos romances mas também nos ensaios e nos dois livros de polêmicas feministas, Um teto todo seu (1929) e Three Guineas (1938). Seus principais romances incluem Mrs. Dalloway (1925), Ao farol (1927), a fantasia histórica Orlando (1928), escrita para Vita Sackville-West, a visão extraordinariamente poética de As ondas (1931), a saga de família Os anos (1937) e Entre os atos (1941). Todos esses romances foram publicados pela Penguin inglesa, assim como Os diários de Virginia Woolf, volumes i-v, seleções dos ensaios e contos, e Flush (1933), uma reconstrução da vida do spaniel de Elizabeth Barrett Browning.



Nessa coletânea, a editora reuniu os ensaios: Mulheres e ficção, Ficção moderna, O leitor comum, Jane Austen, Jane Eyre e O morro dos ventos uivantes, Como se deve ler um livro?, Geraldine e Jane, “Eu sou Christina Rossetti” e o ensaio Pensamentos de paz durante um ataque aéreo. 

“Porque sobre as mulheres muito pouco se sabe. […] De nossos pais sempre sabemos alguma coisa, um fato, uma distinção. […] Mas de nossas mães, de nossas avós, de nossas bisavós, o que resta? Nada além de uma tradição. Uma era linda; outra era ruiva; uma terceira foi beijada pela rainha. Nada sabemos sobre elas, a não ser seus nomes, as datas de seus casamentos e o número de filhos que tiveram.”

Páginas: 104 | Gênero: Ensaios | Compre: Amazon - E-book ou Físico



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB


Sugestão de pauta ou parceria: pedrogabrielb@bol.com.br

Resenha: "Pitty: Cronografia - Uma trajetória em fotos", de Pitty

Resenha por: Pedro Gabriel 
Obra: Pitty: Cronografia - Uma trajetória em fotos
Autora: Pitty  |  Editora: Edições Ideal
Gênero: Não-ficção/Biografia
Páginas: 160  |  Ano: 2014
Onde Comprar: Amazon (capa dura)
Adicione: Skoob
Nota: ★★★★★
SINOPSE: Cronografia: uma trajetória em fotos é o relato visual da carreira de Pitty. Uma biografia através de fotos, montada cronologicamente, e que propõe/oferece um passeio por todas as fases da cantora baiana. O livro começa na infância, com fotos pessoais da pequena Priscila se divertindo junto com a família nas praias de Salvador. Depois mostra o início da sua vida na música, ainda adolescente fazendo punk rock/hardcore nas bandas Inkoma (como vocalista) e Shes (como baterista). Então Cronografia segue para os anos 2000, mostrando a consagração na carreira solo. O seu projeto Agridoce também ganha um segmento no livro, que ainda tem capítulos dedicados aos registros fotográficos dos clipes, dos shows e dos bastidores. Em 160 páginas, o livro traz fotos de nomes como Caroline Bittencourt, Otavio Sousa, Rui Mendes, Sora Maia e Jorge Bispo. É através das lentes e do olhar desses fotógrafos que Pitty conta sua história. Registros visuais que contam uma história musical. 

📷🎵👩🎤📷

"Pitty: Cronografia - Uma trajetória em fotos" é um convite aos fãs e admiradores da Priscilla Novaes Leona, mais conhecida como Pitty, a conhecer melhor a vida intima e profissional dela através de registros fotográficos feitos por vários fotógrafos que acompanharam e ainda acompanham a carreira dela. A baiana de 41 anos é um dos grandes nomes da música brasileira, em especial do rock. Acumula prêmios e indicações em diversas categorias, videoclipes, álbuns, DVDs e uma legião de fãs que desde o início da carreira vibram com cada novo lançamento. 



Na obra, que foi editada em parceria com Luiz Cesar Pimentel e publicada em 2014, Pitty abre seu coração e conta alguns fatos da sua infância, juventude, vida adulta e sua trajetória pela música. Momentos que marcaram sua vida de alguma forma; sua busca pela independência desde nova, as primeiras influências musicais, seu amor pelo rock; fala do começo da carreira ao lado do Inkoma, banda formada por mulheres e como foi a experiência ao dividir os palcos com as integrantes; sua passagem pela banda Shes; ela também relata situações e desafios que vivenciou na busca pela realização do sonho de cantar, de mostrar seu talento para o público.




"Não tinha o que fazer da vida. Vou ser o quê? Arrumar um subemprego que vai me fazer pagar as contas e ser infeliz? Tinha decidido: se não virar como artista, vou ser professora de música. E vou continuar escrevendo. Pelo menos vou estar perto do que amo."

Em outra parte ela também fala do surgimento do Agridoce, projeto paralelo a carreira dela, que foi desenvolvido com Martin, guitarrista que trabalha com ela há anos. Pitty fala do processo de composição das canções, gravações, etc. Além, claro, de falar sobre os videoclipes que foram lançados ao longo do tempo em que canta e encanta os fãs.




"Batizamos de Agridoce. Era contrastante mesmo, não só as canções, mas também em relação a tudo que tínhamos feito antes como músicos."

Situações que foram de grande importância para a vida dela e que contribuiu bastante para que ela se tornasse essa artista e mulher incrível que ela é. Não vou chegar aqui e dizer que sou um fã de carteirinha, pois não sou. Não acompanho o trabalho tanto como um, mas o pouco que vejo só cresce  ainda mais o meu respeito e admiração por ela. Por esse e outros motivos é que resolvi comprar esse livro e conhecer um pouco mais sobre a Pitty. 




"O palco me deixa ser e dizer o que eu quiser, ele não julga nem reprime. O palco me aceita, me acolhe e me dá voz. É uma entidade, esse cara."

Como o livro foi lançado em 2014, o conteúdo dele é limitado, mas mesmo assim é rico em informações, curiosidades e muitas fotografias. O tamanho dele remete muito ao de um álbum de fotografias, que é a intenção de servir como um arquivo fotográfico da carreira da soteropolitana que há mais de 20 anos movimenta o cenário do rock brasileiro.



A publicação do livro foi feita através da Edições Ideal. O tamanho é grande, a edição possui capa dura, as folhas são bem resistentes, a diagramação está muito bem organizada e a capa e contracapa estão muito bonitas, com o nome PITTY em relevo dourado. Um livro que todo fã precisa ter em seu acervo.  




📚Boa leitura, pessoal!📚



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria: 
pedrogabrielb@bol.com.br


Chapeuzinho Vermelho como você nunca viu

"Sob a capa vermelha" é o novo lançamento da escritora Mariana Vitória (foto: blog Encanto Literário)




Imagine uma menina com uma capa vermelha. Qual personagem vem primeiro à sua cabeça? A resposta é um tanto óbvia: Chapeuzinho Vermelho. Agora, já parou para pensar como seria este clássico da literatura se a garota fosse uma adolescente e vivesse na era medieval? Com uma trama envolvente, Mariana Vitória reuniu mitologia com fantasia e criou a surpreendente releitura: "Sob a Capa Vermelha", obra do gênero young adult – ou jovens adultos, publicada pela Galera Record.

O livro conta a história de Norina, que inicia uma jornada sombria ao viajar para o outro lado do mundo com o objetivo de salvar a sua mãe Ros. A personagem sempre temeu os “Indomados”, mesmo sem nunca ter saído de casa e visto um deles. Apesar disso, precisará sair em uma missão em busca de sua mãe.

Nor (Norina) terá que se passar por uma princesa que está morta chamada Rhoesemina, garota que dada como desaparecida pela família. A proposta foi feita pela vilã Viira – também chamada de Rainha das Rainhas – que pretende usar essa esperança para o seu bem e encontra na inocência de Nor a peça que faltava para o seu plano.  Em troca, a protagonista terá a sua mãe de volta, caso leve a filha de Viira para casar com o príncipe de Gizamyr.

Esta fantasia épica é repleta de intrigas, aventuras, traição e romance. Um prato cheio para os fãs de livros ao estilo de Game of Thrones, inclusive a obra foi comparada ao clássico mundial por se tratar de um romance medieval, com lugares, idiomas, reinos e povos criados pela autora para dar vida ao livro.

“Não podia esquecer as coisas que vira dentro dela, a saudade, o sofrimento e o amor que sentia, tão intenso que machucava. Era verdade que teria preferido uma vida como a dela (...) mas havia aprendido a amar as quatro paredes de casa, de um modo ou de outro, e por isso era grata.” Sob a Capa Vermelha – pag. 128

Páginas: 264 | Autora: Mariana Vitória | Gênero: Ficção/Fantasia/Young Adult | Compre: Amazon - Físico ou E-book

A forma criativa que Mariana conta a história de Norina e Ros condiz com seu perfil jovem. A escritora conquistou o concurso "Sua história nos dez anos da Galera", feito em comemoração aos dez anos da Galera Record, da editora Record.

Sobre a autora


Mariana Vitória é escritora, cosplayer, desenhista, bailarina, tocadora de ukulele e péssima cantora, e, acima de tudo, tagarela profissional. Cursa Estudos Literários na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e seu passatempo favorito é explorar novas maneiras de contar histórias. Divide seu tempo entre São José dos Campos, onde vive sua família, incluindo seus dois cachorros, e Campinas, onde tenta não gastar todo seu dinheiro com livros e manter a violeta na sua janela viva. Sob a Capa Vermelha é seu romance de estreia.



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria: 
pedrogabrielb@bol.com.br


“Vindas Vida Idas”: uma reflexão em busca de felicidade e paz



Quantas vezes você se pegou questionando a sua vida e rotina? Querendo mudar alguma coisa? Sentindo-se cansado (a) ou sobrecarregado (a)? É, esse tipo de pensamento e sensação são bem comuns, especialmente na correria do dia a dia que temos.

Aprender a superar o que acontece na vida e a lidar com tudo isso é tarefa diária e Flávia Alice Zogbi conta sua história para incentivar pessoas a melhorarem e buscarem a felicidade e a paz na sua rotina.
 
Vindas Vida Idas” é uma obra para adolescentes e adultos que buscam motivação para superar limites, encontrar caminhos e vencer desafios. O primeiro passo, para começar essa trajetória, é adquirir autoconhecimento. O segundo é refletir e questionar comportamentos, sentimentos e pensamentos.

A essência desta obra “Vindas Vida Idas”

Em uma série de textos que incentivam justamente a reflexão, a autora tenta captar a essência da vida com base em teorias filosóficas, espirituais e psicológicas. Confira a opinião da Dra. Vivian Elito Maluf sobre o livro:

“A leitura de “Vindas Vida Idas” encanta pela delicadeza e harmonia que invoca pontos essenciais da vida. Não é fácil atingir essa maturidade e assim crescer. Destaca-se a importância de sonhar, pois o sonho engrandece, impulsiona, nem sempre no caminho que imaginamos, vai além da nossa percepção. A cada leitura fui aprendendo e conhecendo a importância de nos valorizarmos e continuarmos a caminhada em busca do conhecimento e da felicidade”.

Para a autora, “este livro é muito especial. Quando o escrevi não estava doente. Minha doença apareceu depois e eu o lia muito como uma Bíblia de cura. Ajudou-me e ajuda até hoje. Por isso, espero que as pessoas ao lerem também possam ser auxiliadas em varias áreas: saúde, trabalho e até no espiritual. Para mim, o mais importante é poder socorrer seus problemas. Às vezes acho profundo. Porém, ler mais de uma vez abre caminhos e esclarece para aquele que está perdido.”.

Páginas: 68 | Gênero: Não-ficção/Autoajuda | Compre: Livraria Asabeça 

Sobre a autora

Flávia Alice Zogbi nasceu em 1963, em São Paulo, capital. É sobrinha neta de Assad Bittar, filósofo e poeta. Com duas faculdades, Psicologia e Letras, especialista em espanhol, começou sua caminhada como autora nos anos 90 com o livro “Vindas Vida Ida”, que fez sucesso na época.

O título, com foco em autoajuda, filosofia e espiritualidade, foi reescrito agora com uma nova visão sobre a vida, já que, em 2008, Flávia Alice Zogbi sofreu uma grave doença que a deixou de cadeira de rodas e a fez mudar sua concepção da obra e de sua realidade. Agora, por causa da artrite, ela escreve apenas com os polegares, porque os outros dedos se atrofiaram. A autora ainda escreveu o livro “Caminhos de pedra, terra e areia. Caminhos de uma vida” em 2016, que foi traduzido para o espanhol por ela mesma e um dos mais vendidos naquela época em Buenos Aires, na Argentina.

Além disso, em 2018, Flávia Alice Zogbi foi uma das autoras convidadas a publicar textos no livro “Antologia, poesias, contos e crônicas. O silêncio das Palavras”, uma edição especial para a Bienal do Livro feita pela editora Scortecci. Participou do III Concurso de “Relatos breves” Cuentame un Cuento para o Centro de Estudos Brasileiros na Universidade de Salamanca, Espanha.

Atualmente escreveu outra Antologia, “Construtor de Amigos” e já está preparando seu novo livro que pretende lançar na Bienal ano que vem “Caminhos de arte e amor”. Zogbi não para, se sente muito feliz e realizada com o que faz.



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚


Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB


Sugestão de pauta ou parceria: pedrogabrielb@bol.com.br