01/10/2012

NX Zero conta mais de seu novo álbum "Em Comum", na PlayTV

Em um breve bate papo com os rapazes do NX ZeroDi Ferrero (vocal), Fi Duarte e Gee Rocha (guitarras), Caco Grandino (baixo) e Daniel Weksler (bateria), eles explicam como foi o processo de produção do novo disco intitulado Em Comum, e a nova fase da banda, que segundo eles está em um período maduro e com mais autonomia para fazer um som cada vez mais autoral.
A entrevista com o NX Zero aconteceu depois de um dia todo de gravações aqui na Play TV então fomos direto ao assunto e fizemos a primeira pegunta aos hiperativos rapazes que apesar de se dizerem "velhos" não param um minuto. Ao questionar quanto tempo desde a produção até o lançamento do disco, mais que depressa o Daniel respondeu: "Seis meses, próxima pergunta." eis o senso de humor dos meninos que riram mas logo começaram a falar sério e explicaram que se fossem contar desde que começaram a compôr as músicas, foi um período de um ano mais seis meses de estúdio. 
A banda não lançava um álbum de inéditas desde Sete Chaves de 2009, um intervalo de três anos entre os discos de inéditas. Segundo Di Ferrero o intervalo foi saudável e serviu para dar um novo fôlego a este trabalho. Durante estes três anos eles estiveram envolvidos com o Projeto Paralelo em 2010 e com a gravação do primeiro DVD ao vivo em comemoração aos 10 anos da banda em 2011.
O som deles mudou e segundo o próprio Di as músicas estão mais "clean" e apresentam letras que abordam novos assuntos. Não poderiamos deixar de citar esse amadurecimento da banda, e ao perguntar sobre as diferenças deste novo álbum em relação aos anteriores Ge Rocha brincou "é meio um emo velho". Os rapazes da banda, que começaram a tocar nas rádios com 18, 19 anos, disseram que se trata de um processo natural, todos crescem e hoje com uma média de 27 anos a única diferença é que no caso deles isso se reflete em suas músicas, o que torna essa mudança visivel a todos.
Que o som mudou nós sabemos, então a questão era como foi recebido o novo trabalho pelos fãs que acompanham o NX todos estes anos e estavam habituados com a sonoridade mais antiga da banda. Ge Rocha disse que Em Comum tem sido bem recebido e as criticas estão sendo positivas, mas é na internet que é possível receber um feedback mais verdadeiro pois segundo ele internet é "terra de ninguém".
Se é na internet que as pessoas dizem o que realmente pensam, como o novo disco foi recebido na "terra de ninguém"? Di diz que está sendo ótimo, os fãs de longa data receberam o novo trabalho muito bem, e houve ainda aqueles que não ouviam o NX Zero que passaram a ouvir graças aos novos temas e arranjos e que isso se tornou uma ponte para que mais pessoas se interessassem pelos álbuns anteriores. 
O balanço é positivo e os rapazes estão muito felizes com o impacto deste álbum que mostra que eles já tem o seu lugar garantindo na cena musical nacional e não tem medo de expressar suas novas influências e experiências de vida em suas músicas, que graças ao sucesso, serão mais tocadas ao vivo. Mesmo com suas vidas em rumos diferentes, morando em lugares diferentes como o próprio nome Em Comum diz, a música é o que os une nesta nova fase de vida e de banda.

Fonte: Site Oficial da PlayTV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário:

- Os comentários do blog são moderados e serão liberados após constatação de que estão de acordo com o assunto dos post.
- Os comentários não refletem a opinião do autor.
- Comentem à vontade. Dê sua opinião, sugestão ou reclamação.
- Me sigam no Twitter: @pedrogabriel13p
- Lembrem-se de curtir a fã Page do Blog na Lateral.
- Me sigam também no Instagram: @BlogDoPedroGabriel

Desde já agradeço a atenção de vocês e espero que voltem ao Blog do Pedro Gabriel quantas vezes quiserem ;)

Blog do Pedro Gabriel | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2012 - 2018 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS