30/11/2012

Espetáculo da Cia Baiana ‘A Bofetada’ está volta a Aracaju

Espetáculo ‘A Bofetada’ está volta a Aracaju  (Foto: Divulgação)
Com um público de mais de um milhão e meio de espectadores e um repertório de sete espetáculos, a Companhia Baiana de Patifaria celebra 25 anos nos palcos em 2012 e traz a Aracaju o espetáculo ‘A Bofetada’ para celebrar a data. O espetáculo será apresentado no Teatro Atheneu nos dias 1 e 2 de dezembro, às 21h e 20h respectivamente.

‘A Bofetada’ que é a segunda montagem da trupe está em cartaz há 24 anos. Comédia de sucesso nacional utiliza a marca registrada da Cia Baiana, centrada no humor e na capacidade de improviso dos atores, para a contínua renovação do espetáculo, com notícias do cotidiano do país e da cidade em que se apresentam.

O elenco é formado por Nilson Rocha, Alexandre Moreira, Jarbas Oliver e Lelo Filho, que também assina a direção, estabelece uma relação direta e de grande empatia com a platéia tornando cada apresentação imprevisível.

O Espetáculo
Para arquitetar a montagem composta de 3 esquetes, os “patifes” foram buscar inspiração em clássicos da comédia brasileira da década de 80. No primeiro quadro “O Calcanhar de Aquiles”, baseado em texto de Mauro Rasi, a crítica e a vanguarda são os alvos, ao confrontar a crítica teatral Vânia Leão e sua amiga Dirce Mendonça (interpretadas pelos atores Nilson Rocha e Jarbas Oliver) com Eleonora, atriz decadente (vivida pelo ator Alexandre Moreira), que se dispõe a interpretar, sozinha, 60 personagens de uma tragédia grega e que, nessa nova versão, surge inspirada no filme Cisne Negro. A nova Eleonora agora também dança desde o balé clássico, flamenco, can can, até o arrocha.

Os dois esquetes seguintes foram escritos por Miguel Magno e Ricardo de Almeida e também tratam do universo do teatro. Em “O Ponto e a Atriz”, vários gêneros teatrais são ironizados ao resgatar a função do Ponto, figura que lembrava o texto para as divas das grandes companhias de teatro, durante as apresentações. O Ponto ganha interpretação do ator Alexandre Moreira, que divide a cena com os atores Jarbas Oliver interpretando a ananzinha Camila, Nilson Rocha como a sensual Helena e a escrachada Araci. O ator Lelo Filho, ‘invade’ a cena com Alaô Gegéu, seu personagem em ‘Siricotico, uma comédia do balacobaco’, anunciando que, a mais recente comédia da Cia, será apresentada nos palcos da cidade em breve.

No último esquete, “Fanta e Pandora”, o ensino do teatro é o foco central e a platéia é transformada em mais um personagem com quem duas professoras universitárias passam a interagir. O ator Lelo Filho, interpretando Fanta Maria, divide a cena, desta vez, com Jarbas Oliver, que dá vida a Pandora Luzia.

Fonte: G1 SE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário:

- Os comentários do blog são moderados e serão liberados após constatação de que estão de acordo com o assunto dos post.
- Os comentários não refletem a opinião do autor.
- Comentem à vontade. Dê sua opinião, sugestão ou reclamação.
- Me sigam no Twitter: @pedrogabriel13p
- Lembrem-se de curtir a fã Page do Blog na Lateral.
- Me sigam também no Instagram: @pedrogabrielse

Desde já agradeço a atenção de vocês e espero que voltem ao Blog do Pedro Gabriel quantas vezes quiserem ;)

Blog do Pedro Gabriel | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS