12/03/2013

Hoje "Marcia Peltier Entrevista" a musicista e produtora cultural Fiorella Solares, na Rede CNT


Música como instrumento de mudança de vida. Neste primeiro programa da temporada 2013, o Marcia Peltier Entrevista traz um belo exemplo de como é possível transformar a realidade atravésda arte. A entrevistada desta terça-feira 12 de março é a musicista e produtora cultural Fiorella Solares.

Fiorella nasceu na Guatemala e é violoncelista profissional. Integrou a Orquestra Sinfônica do Palácio de Bellas Artes no México, a Sinfônica de Porto Alegre e a Orquestra Sinfônica Brasileira.Foi uma das fundadoras da Orquestra Petrobras Sinfônica,atual Orquestra Petrobras Pró-Música. E desde 1994 é diretora da ONG Ação Social Pela Música do Brasil,atuando em várias comunidades do Rio de Janeiro e de outras cidades.

A entrevista ficou tão boa que foi dividida em duas partes.

Como começou este projeto? 

‘’ A idéia surgiu em meados da década de 90,quando eu e meu falecido marido o maestro Davi Machado,tivemos a ideia de um projeto para socializar jovens de comunidades carentes através da música. Este projeto foi inspirado no

projeto desenvolvido pela Fundação Simon Bolívar,na Venezuela,que conseguiu ajudar milhares de crianças e adolescentes em situação de risco social’’,conta. 

E como foi no início,subir os morros cariocas para implantar a Ação Social Pela Música do Brasil ?

“Era muito difícil,pois não havia este projeto das UPPs,as Unidades de Polícia Pacificadora...então ficávamos à mercê das vontades dos trafciantes...eles decidiam quantas crianças poderiam participar do projeto,quais delas podiam entrar para aprender música...e se a criança faltasse,não podíamos ir até a casa dela procurar saber o motivo da ausência...era risco de vida para os professores’’, revela.

E como é hoje?

“Hoje atuamos em várias comunidades pacificadas em várias regiões da cidade do Rio: Morro Dona Marta,aonde fica a sede do nosso projeto...no Pavão-Pavãozinho ,Babilônia, Morro dos Macacos, Complexo do Alemão, Cidade de Deus...’’, diz.

E como é este contato de crianças e adolescentes com a música clássica e os instrumentos?

“Nós os deixamos bem à vontade...eles entram e escolhem os instrumentos...testam...e são eles que vão decidir quais aqueles com os quais se sentem melhor...nada é imposto’’, explica. 

Você acredita que dali podem sair músicos profissionais?

“Sim,alguns até estão já trilhando esse caminho...mas na verdade o mais importante do projeto não é formar músicos de excelência,mas sim ajudá-los a se socializar melhor, a ficarem mais concentrados,melhorar a relação com amigos e famílias e melhorar as notas na escola. Conseguindo isso,fico satisfeita’’,afirma.

A equipe do Marcia Peltier Entrevista foi até os Morros Dona Marta e Macacos conhecer o projeto. Nesta edição do programa,você vai apreciar os jovens se apresentando na orquestra da Ação Social Pela Música do Brasil e também vai ver depoimentos desses jovens contando como suas vidas se transformaram depois que começaram a estudar música.


Informações da Rede CNT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário:

- Os comentários do blog são moderados e serão liberados após constatação de que estão de acordo com o assunto dos post.
- Os comentários não refletem a opinião do autor.
- Comentem à vontade. Dê sua opinião, sugestão ou reclamação.
- Me sigam no Twitter: @pedrogabriel13p
- Lembrem-se de curtir a fã Page do Blog na Lateral.
- Me sigam também no Instagram: @BlogDoPedroGabriel

Desde já agradeço a atenção de vocês e espero que voltem ao Blog do Pedro Gabriel quantas vezes quiserem ;)

Blog do Pedro Gabriel | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2012 - 2018 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS