02/08/2014

Facebook tem 24 horas para dizer ao TRE se Alckmin comprou seguidores


Uma ação movida pela coligação do candidato Paulo Skaf (PMDB) alega que o número de número de seguidores de Geraldo Alckmin, candidato à reeleição pelo PSDB, cresceu de forma “muito acima do que é esperado para quem não usa links patrocinados” no Facebook. 

No dia 23 de julho, a Justiça Eleitoral de São Paulo determinou que a rede social tinha 48 horas para apresentar o nome do contratante e os links patrocinados que fizeram o número de seguidores do governador chegar a mais de 320 mil em menos de seis meses. No entanto, a decisão não foi cumprida.

Segundo o blog Terra Magazine, na última sexta-feira (1/2), o juiz auxiliar Marcelo Coutinho Gordo entendeu que a rede social está descumprindo uma ordem judicial e elevou de R$10 para R$100 mil a multa diária que o Facebook terá que pagar caso ignore o pedido de esclarecimento.
 
Os cálculos da campanha de Skaf afirmam que Alckmin teve um salto de 100 mil para 320 mil num curto espaço de tempo. O objetivo da ação é que o TRE-SP determine ao Facebook que retire o número adicional de curtidores do perfil do candidato do PSDB, passando a contabilizar somente curtidores registrados sem uso de links patrocinados.Informações do Portal Imprensa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário:

- Os comentários do blog são moderados e serão liberados após constatação de que estão de acordo com o assunto dos post.
- Os comentários não refletem a opinião do autor.
- Comentem à vontade. Dê sua opinião, sugestão ou reclamação.
- Me sigam no Twitter: @pedrogabriel13p
- Lembrem-se de curtir a fã Page do Blog na Lateral.
- Me sigam também no Instagram: @BlogDoPedroGabriel

Desde já agradeço a atenção de vocês e espero que voltem ao Blog do Pedro Gabriel quantas vezes quiserem ;)

Blog do Pedro Gabriel | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2012 - 2018 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS