02/09/2015

Resenha: "O Doce Veneno do Escorpião", de Bruna Surfistinha


Hi Guys!

Hoje preparei a resenha de um livro bastante polêmico e interessante, na visão de cada um, claro. "O Doce Veneno do Escorpião - O diário de uma garota de programa", de Bruna Surfistinha, é o escolhido. Um livro que detalha bem o "submundo" da prostituição!


Bom, mas para quem ainda não sabe quem é a Bruna Surfistinha, vamos a um breve release sobre ela!


A Bruna Surfistinha, também conhecida como Raquel Pacheco, é uma escritora e DJ, ex-prostituta e ex-atriz de filme pornográfico. Em 2005, ela ficou bastante conhecida após criar um blog pessoal onde relatava suas experiências sexuais quando estava se prostituindo. Anos depois, lançou a autobiografia "O Doce Veneno do Escorpião - O diário de uma garota de programa" que foi escrita pelo jornalista, Jorge Tarquini. Além disso, Raquel foi uma das participantes da 4º edição do reality-show, "A Fazenda", da TV Record.

A alguns anos atrás, li notícias sobre a Bruna Surfistinha. Dentre os mais polêmicos assuntos, um me chamou mais atenção: o livro contando tudo sobre a vida dela. Logo pesquisei no Google e consegui baixar um pdf do livro. Não consegui ler direito por falta de tempo. Anos depois, finalmente consegui comprar um exemplar do diário dela, e olha, digo pra você, foi uma das minhas melhores aquisições nos últimos meses. 


Sobre "O Doce Veneno do Escorpião - O diário de uma garota de programa"... 

Em "O Doce Veneno do Escorpião - O diário de uma garota de programa", Raquel relata todos os detalhes sobre a vida dela quando era garota de programa: sexo, vícios e riscos. 

Adolescente vinda de família classe média alta, Raquel descobriu que na verdade era adotada e ficou revoltada com essa triste notícia. Ela revelou que se sentiu um objeto, apesar do carinho de filha que seus pais adotivos tinha por ela. Por mais que ela tentasse esquecer um pouco, as pessoas acabavam comentando que ela não era parecida com as irmãs mais velhas e nem com a mãe.

Aos 17 anos, isso perturbou bastante sua mente, fazendo assim com que a revolta fosse grande o suficiente para ela fugir de casa. Mas ela não tinha nem ideia de como essa escolha poderia trazer grandes problemas. 

A prostituição, drogas e bebidas chegaram com força na vida dela e daí só começou piorar a situação. Deixou pra trás a vida com regalias, para lutar pela vida em meio a tantos riscos.  

Mas, apesar de tantas coisas ruins que aconteceu, Bruna Surfistinha também deu e recebeu muito prazer nessa vida, e no livro ela detalha muito bem esses 'prazeres'. Por exemplo, quando ela teve relações sexuais com uma amiga embaixo do chuveiro; quando ela frequentava casas de swing acompanhada de algum homem mas quando chegava lá adorava que mulher fizesse sexo oral nela; quando ela transou com dois rapazes ao mesmo tempo... Imagina só como o livro é quente. 

Ela ainda revela que chegou a atender, em média, 4 clientes por dia, sempre em bairros nobres de alguma cidade. Detalhe: o tempo de duração de cada programa, era um CD que ela colocava pra tocar durante o programa. 

Se você pensar bem, o livro é um guia bastante explicativo (bota explicativo nisso) de como não dar bobeira e satisfazer muito bem uma mulher ou um homem na cama. Vamos ver o lado positivo das coisas, gente. (risos)



Alguns trechos do livro...

"...Minha estreia aos 17 anos. Não diria àquele estranho que nunca tinha feito sexo por dinheiro. Ele me escolheu, de cara. Eu queria sumir, sair correndo e voltar para a casa dos meus pais. Em vez disso, subimos para o quarto..."

"...Finalmente, descobrir a consistência de um seio, aprender como pegá-lo, passear com a mão na gruta de prazeres escondidos que toda mulher carrega entre as coxas..."

"...Fui, sim, uma verdadeira maria-vai-com-as-outras. Eu andava com a turminha 'do mal'. Muitos deles, com 12 ou 13 anos, já fumava maconha. Eu não queria ser tachada de careta, mas ia ficar só no cigarro de cravo, meu preferido..."

"...Um dia, pintaram dois clientes juntos. "Vocês querem ir um de cada vez?" "Queremos ao mesmo tempo." "Uau! Será que aguento? Nunca tinha feito dupla penetração (a tal DP). Dizem que a curiosidade matou o gato. No meu caso, o gato (ou a gata) tem sete vidas e continua vivinho. "Vamos nessa!"..."

"...Dinheiro "fácil" também vicia. E eu não quero passar o resto da minha vida fazendo programa..." 

"...Eu penso nos meus filhos (quero ter dois: um casalzinho, gêmeos, de preferência). Me imagino uma mãe mais companheira, liberal..."

"...Quero que os meus pais saibam e entendam que tudo o que fiz foi em nome da minha felicidade..."

"...O importante na vida é nunca desistir de buscar a felicidade." 




Bom, chega né? Não irei entrar em mais detalhes. Mas basicamente é isso que eu falei sobre o livro. 

O Doce Veneno do Escorpião" é um livro curto, interessante e fácil de ler. Com certeza vai te ajudar a compreender um pouco como é a vida de uma pessoa que se prostitui. E o bom é que a Raquel detalha tudo com a maior naturalidade. Não se faz de vítima. Relata tudo sem censura, até porque, na época, ela escolheu essa profissão pra ela. 

O final do livro é muito bonito. Quando chegou essa última parte, eu fiquei muito feliz por ela ter conseguido atingir um dos objetivos na vida dela. Creio que se você ler, também irá sentir a mesma sensação que tive.

Você pode até pensar que o filme "Bruna Surfistinha", mostra bem os momentos da vida dela, mas vai por mim, não é a mesma coisa que ler o livro todo. Ele está bem detalhado e fácil até de compreender aos poucos tudo o que aconteceu na vida dela. Aliás, em março de 2011, o filme estava fazendo tanto sucesso, que já tinha ultrapassado a marca de 2 milhões de espectadores e arrecadado 18 milhões de reais, segundo a distribuidora Imagem Filmes. O filme já tinha faturado mais do que o dobro do seu orçamento, estimado em R$ 4 milhões. Sucesso absoluto!



Ficha Técnica: 
Obra: 
"O Doce Veneno do Escorpião - O diário de uma garota de programa"
Autora: Raquel Pacheco
Editora: Panda Books
Publicado: 2005
Páginas: 168
Preço: R$23,90 à R$39,90.



Classificação:

★★★★★ Perfeito!



_________________________________________
Me siga no INSTAGRAM: @pedrogabrielse
CURTA no FACEBOOK: Blog do Pedro Gabriel
Me siga no TWITTER: @pedrogabriel13p

2 comentários:

  1. Adorei a resenha. eu já tinha curiosidade em ler esse livro dela. conheci ela através do filme.Muito bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário =)

      O livro é muito bom. Vale a pena comprar! Volte sempre e acompanhe outras resenhas aqui no site. Abraço!

      Excluir

Leia antes de fazer seu comentário:

- Os comentários do blog são moderados e serão liberados após constatação de que estão de acordo com o assunto dos post.
- Os comentários não refletem a opinião do autor.
- Comentem à vontade. Dê sua opinião, sugestão ou reclamação.
- Me sigam no Twitter: @pedrogabriel13p
- Lembrem-se de curtir a fã Page do Blog na Lateral.
- Me sigam também no Instagram: @pedrogabrielse

Desde já agradeço a atenção de vocês e espero que voltem ao Blog do Pedro Gabriel quantas vezes quiserem ;)

Blog do Pedro Gabriel | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2012 - 2017 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS