15/09/2017

Resenha: "Arquivos Serial Killers: Louco ou Cruel? e Made In Brazil", de Ilana Casoy

"Arquivos Serial Killers: Louco ou Cruel? e Made In Brazil", da Ilana Casoy, é uma edição comemorativa dos 5 anos da editora Darkside Books. O exemplar reúne dois livros de sucesso da autora: "Louco ou Cruel?" e "Made In Brazil", ambos já publicados - separados - pela editora através do selo Crime Scene.

Na primeira parte da obra, que traz o livro "Louco ou Cruel?", Ilana Casoy explica como é a mente de um serial killer por meio de estudos já realizados afim de entender que traumas infantis ou da juventude que poderiam ter causado tamanho estrago na mente de uma pessoa a ponto de levá-la ao extremo de matar pessoas em série. 


É com essa introdução que iremos entender as 3 possíveis manifestações de comportamento do agressor na cena do crime, que são: o modus operandi, assinatura e a organização da cena. 3 características que são bem importantes. Que podem ser a 'chave' para solucionar um crime. 

🔪"As vítimas do serial killer são escolhidas ao acaso ou por algum estereótipo que tenha significado simbólico para ele. Diferentemente de outros homicídios, a ação da vítima não precipita a ação do assassino. Ele é sádico por natureza e procura prazeres perversos ao torturar suas presas, chegando até a 'ressuscitá-las' para 'brincar' um pouco mais."🔫

Ao longo da leitura ela ainda explica como são escolhidas as vítimas, características dos assassinos quando ainda crianças ou jovens, mitos e crenças à respeito, perfil do criminoso, como acontece a investigação do FBI e como aconteceu a prisão do assassino. 

Logo após, adentramos de vez ao mundo dos serial killers através da 'Galeria do Mal' onde estão reunidas 16 histórias sobre serial killers. Essa seção é pra quem tem estômago forte mesmo, porque os casos são bem detalhados. Desde os primeiros momentos de vida do assassino até o últimos segundos de sua vida sentado numa cadeira elétrica ou recebendo a injeção letal que acabaria com seus dias 'glória'. 

🔪"Eu sempre tive o desejo de infligir dor aos outros e que os outros infligissem dor em mim. Eu sempre pareci gostar de tudo que doía." - Albert Hamilton Fish, o vovô que comia criancinhas.🔫

Alguns dos assassinos em série presentes nessa parte do livro, são: Theodore Robert Bundy, Richard Trenton Chase, Rory Enrique Conde, Edward Theodore Gein, Jeffrey Dahmer, dentre outros. Esse último até foi retratado numa Graphic Novel chamada "Meu Amigo Dahmer" onde o autor, Derf Backderf, relata como foi ser amigo de escola daquele que um dia seria um assassino em série. 

🔪"As coisas começaram por volta dos meus 14, 15 anos. Começaram com pensamentos obsessivos sobre violência, sexo e morte. E a partir daí ficaram cada vez piores." - Jeffrey Lionnel Dahmer.🔫  

O livro ainda conta com algumas listas que contém informações bem interessante, como, por exemplos, a lista de serial killers pelo mundo, casos sem solução, países em que existe a pena de morte, os que não adotaram a pena, países que preveem pena de morte em casos militares ou em questões especiais (o Brasil está incluso nessa lista), dentre outras curiosidades. Ainda explica o que são os métodos de execução utilizados, como: enforcamento, cadeira elétrica, câmara de gás e injeção letal.

Após conhecermos esses serial killers internacionais, Ilana Casoy nos convida para mergulhar no mundo dos serial killers brasileiros com "Made In Brazil". Pois é, engana-se quem pensa que serial killer só teve/tem fora do Brasil. 

Nessa obra, Ilana vai tratar, com riqueza de detalhes, sobre diversos serial killers que amedrontaram muitas pessoas em diversas regiões do Brasil. Para fazer esse grandioso trabalho, a autora contou com a ajuda de profissionais da área criminalística que colaboraram com informações importantíssimas para a reconstrução de cada crime no livro. E mais: cada delito é retratado com o auxílio de fotografias e até mesmo trechos de reportagens que foram veiculadas na época dos assassinatos. 

🔪"No Brasil, a polícia tem muita dificuldade em aceitar a possibilidade de um serial killer estar em ação. Certo preconceito permeia as investigações de crimes em série. Isso já aconteceu inúmeras vezes no passado, com consequências nefastas."🔫

Dentre os criminosos presentes na "Galeria do Mal" desse livro, podemos já citar o tão temido Febrônio Índio do Brasil, conhecido como O Filho da Luz, e Marcelo Costa de Andrade, conhecido como o Vampiro de Niterói. Ambos assassinos mataram sem dó e piedade deixando muita gente aterrorizada. Entre esses dois, o que mais me chocou foi o Vampiro de Niterói. Acho que não só a mim, mas também deve ter chocado muita gente que já leu o livro. É incrível até que ponto chega uma pessoa. Eu fiquei impressionado com a frieza que Marcelo conta seus crimes contra crianças indefesas de 5 à 13 anos. Para não dar spoiller, eu só digo que se prepare pois o caso do Vampiro de Niterói realmente vai te chocar. 

🔪"Eu sempre era visto como alguém que está atrapalhando, indesejado [...]. Já nasci criando problema, minha mãe quase que faleceu ao dar à luz." - Francisco Costa Rocha, o Chico Picadinho.🔫

"Made In Brazil" ainda traz muitas entrevistas realizadas com os criminosos. Entrevistas em que a própria Ilana Casoy esteve presente com profissionais importantes da psicologia, interrogando os serial killers que vocês irão encontrar na 'Galeria do Mal'. 

🔪"Desafio qualquer ser humano da face da terra que queira apontar os meus defeitos, sem ter que dar margem para apontar os seus erros." - Pedro Rodrigues Filho, o Pedrinho Matador.🔫 

Enfim, eu gostei bastante dos dois livros. Apesar de ser um livro onde o leitor irá se deparar com descrições bem fortes dos crimes dos assassinos, é uma obra rica em informações que indico fortemente para todos que tem curiosidade sobre o tema, para aqueles que estudam psicologia e pretendem se aprofundar na psicologia criminal e, principalmente, para os fãs de "CSI: Investigação Criminal", "Lei & Ordem" ou qualquer outra série que desvende crimes e mortes estranhas ou em série. 


Para quem não sabe, a Ilana Casoy é uma criminóloga e já participou, a convite da Fox Brasil, da criação de um perfil do psicopata Dexter Morgan, anti-herói e protagonista da série que leva o seu nome e que se tornou uma das mais cultuadas dos últimos anos. Já publicou "Casos de Família", edição que reuniu dois livros: um que aborda o Caso Nardoni e outro sobre o Caso Richthofen.

A autora atuou também como colaboradora da série escrita por Gloria Perez e dirigida por Mauro Mendonça Filho, Dupla Identidade (2014), exibida pela Rede Globo. Dentre outras colaborações onde - assim como em seus livros - pôde mostrar que entende bem do assunto. Não presenciou o ato mas viveu a tensão ao acompanhar o desenrolar dos casos, por isso tem domínio sobre o tema abordado.

Ambos os livros tem prendem, do início ao fim, na leitura. É tudo muito instigante, apesar de ser crimes reais e não ficcionais. 

A edição possui dois marcadores de tecido, um para cada livro, mas aconselho que você comece a leitura realmente pelo primeiro pois ele dá uma explicação bem abundante sobre os serial killers o que se passa na mente deles, pois no segundo livro você já chega acostumado com os jargões e a linguagem usada pelos profissionais envolvidos. Mas não se preocupem pois não dá pra se perder na leitura. Como eu disse, a Ilana explica tudo direitinho para que não haja dúvidas. Vocês irão gostar!

Aproveitando que falei dos marcadores, tenho que parabenizar a Darkside Books por essa edição comemorativa. Está deslumbrante! Linda mesmo! O corte das páginas está em vermelho, a capa e o fundo possuem uma textura macia, a fonte tem um tamanho bom e a diagramação está muito bonita e cheia de detalhes. 

O livro está repleto de imagens dos assassinos, ilustrações dos crimes e outras fotografias que ajudam na compreensão de tudo que é relatado na obra. 

Além disso tudo, as folhas são levemente amareladas - o que ajuda bastante na leitura. 

Fico namorando o livro o tempo. Ele fica bem do lado da minha coleção cavernosa de livros da Darkside Books rsrs. Espero que você também tenha a sua edição. Depois me conta o que achou da leitura. 💀


Obra: Arquivos Serial Killers: Louco ou Cruel? e Made In Brazil
Autora: Ilana Casoy 
Editora: Darkside Books
Publicado: 2017
Páginas: 720
Compre: Amazon | Saraiva | Americanas 
Adicione: Skoob
★★★★★ Perfeito!
Livro cedido pela editora.


*Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento deste projeto literário e na realização de mais sorteios. 
 
Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria:
pedrogabrielb@bol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário:

- Os comentários do blog são moderados e serão liberados após constatação de que estão de acordo com o assunto dos post.
- Os comentários não refletem a opinião do autor.
- Comentem à vontade. Dê sua opinião, sugestão ou reclamação.
- Me sigam no Twitter: @pedrogabriel13p
- Lembrem-se de curtir a fã Page do Blog na Lateral.
- Me sigam também no Instagram: @pedrogabrielse

Desde já agradeço a atenção de vocês e espero que voltem ao Blog do Pedro Gabriel quantas vezes quiserem ;)

Blog do Pedro Gabriel | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS