06/03/2018

Resenha: "De Encontro à Minha Vida", de Karla de Oliveira

Resenha por: Pedro Gabriel 
Obra: De Encontro à Minha Vida
Autora: Karla de Oliveira 
Editora: Giostri 
Gênero: Drama/Romance/Ficção
Páginas: 255
Ano: 2017
Adicione: Skoob
Nota: ★★★★★ Perfeito!
Livro cedido pela autora.
SINOPSE: "Rebeca está enfrentando uma dura batalha contra o luto após a morte prematura de seu marido e, por conta disso, planeja sua morte. João é um menino de oito anos que sobrevive nas ruas participando de alguns furtos e acaba cruzando o caminho de Rebeca. Duas vidas diferentes, dois objetivos distintos e inúmeras possibilidades. "De encontro à minha vida" fala sobre as fatalidades a que todos nós estamos sujeitos e as escolhas que fazemos diante delas. Uma criança abandonada e uma jovem viúva, dois sobreviventes, e todas as formas que o amor pode resgatar um ser humano."


A publicitária Rebeca teve a vida radicalmente modificada após sofrer um grave acidente quando estava saindo de um restaurante com Pedro, o seu marido. Ela passou três semanas em coma, entre a vida e a morte. Lutou e resistiu, mas Pedro não conseguiu. 

O grande amor dela se foi e isso deixou Ela completamente arrasada. Pra Rebeca, a vida acabou a partir desse momento. Seguir em frente sem Pedro era uma alternativa que ela não conseguia enxergar.


Bia, irmã de Rebeca, deu todo o apoio possível desde que ela saiu do hospital, mas sem ânimo era zero. Nada lhe agradava. Só conseguia chorar, chorar e chorar pela morte de seu marido. Ela chega a ficar tão desnorteada, que começa a questionar Deus pela morte de Pedro. 

Os pais de Rebeca - Rosa e Roberto - não sabiam mais o que fazer. Tentavam de todas as formas ajudar a filha a se reerguer e superar essa fase triste da vida dela, mas Rebeca continuava deprimida. E dessa forma Ela seguiu por meses. 

Desde o acidente, Rosa começou a frequentar a igreja, algo que ela não fazia antes. Roberto apoiou, mas Rebeca achou tudo muito estranho, fora do normal de sua mãe. Como havia ações comunitárias na periferia, Rosa fez de tudo pra levar Rebeca junto e tentar tirá-la de casa, ocupar a mente dela com algo que não seja Pedro. E Ela foi! 

Chegando lá Ela viu o quão difícil era a situação social da comunidade. Muita pobreza, prostituição, comercialização de drogas... muito preocupante. E foi nesse mesmo lugar que Ela conheceu João, conhecido como Buzina, um garoto de 8 anos super simpático. Ele é morador de rua. Eles conversaram bastante.  

Ela só não imaginava que esse garotinho poderia mudar a vida dela.


Só que para Rebeca viver já não fazia mais sentido. Ela achava impossível seguir a vida tendo sonhos e pesadelos com Pedro e sentindo a falta que Ele fazia. Então Ela decidiu por um fim nesse sofrimento. Resolveu tirar a própria vida. 


"A solidão é o pior sentimento do mundo. É indescritível a dor de se sentir só. Sei que estou rodeada de pessoas queridas e que me amam; mas, ainda assim, me sinto num vazio. Sem Pedro, nada faz sentido, nenhuma companhia é completa."

Mesmo com tudo o que ainda poderia viver, com o apoio dos pais, amigos e o casamento de sua irmã Bia chegando, Ela determina que esse é o melhor meio pra parar de sofrer pela ausência de Pedro. 

Ela planejou morrer bem longe dos pais e amigos e iria tentar conseguir uma arma pra por seu plano em ação. Julgando pelo bairro pobre e por muitas pessoas de lá serem envolvidas com coisas erradas, logo Rebeca pensou no João. Ele poderia conseguir uma pra Ela. 


Ela foi atrás dele. E conseguiu a tão desejada arma, só que esse pedido envolveu João em uma grande confusão que pode lhe custar a vida. Essa aproximação maior fará com que Ela se envolva cada vez mais com o garoto e isso vai lhe trazer consequências positivas e negativas. 


"-[...] Não é todo mundo que quer ficar com uma criança que nem a mãe quis."

Fiquei com um nó na garganta por aquele menino. Passei a mão no seu cabelo como se o bagunçasse. 

 - Sinto muito por você. 

Ele fez cara de durão, mas pude ver quão triste ele ficou ao falar.

 - Não precisa ficar com pena. Eu não dou mais importância pra isso. Já parei em tanto lar provisório que já nem sei. Fujo todas as vezes porque ninguém me quer de verdade. Sou sempre um estorvo, então prefiro ficar na rua. Acho que até nasci dela."

Como se não bastasse toda a confusão, Ela ainda acaba conhecendo Gabriel, um rapaz que vai arranjar ainda mais confusões pra Ela.


Será que Rebeca conseguirá se livrar das complicações em que se meteu? Será que Ela realmente vai se matar pra ir ao encontro de Pedro? Ou será que resolve dar uma nova chance pra si mesma e para o amor? 


"[...] O único lugar do universo em que eu deveria estar era ao lado dele."


É o que você vai descobrir lendo ao ler o romance "De Encontro à Minha Vida", escrito por Karla de Oliveira. Uma história encantadora, emocionante, crítica e cheia de romance. 

Ao ler a sinopse a pessoa não imagina quanto drama, alegrias, tristezas e amor as páginas do livro carregam. A narrativa é bem intensa desde o momento do acidente até o final. O leitor se pega tão viciado na história que não vê o tempo passar. Os personagens ajudam bastante para que isso aconteça, além, claro, da escrita da autora é que bem fluida. 


Vocês sabem que a estrada da vida tem um percurso tão grande que várias situações acabam nos surpreendendo bastante, inclusive nos faz ter sentimentos que nos deixam mais vivos, mais alegres, mais amorosos. E Rebeca precisava dessa injeção de ânimo pra vida. 

Ela estava muito amargurada, sem vontade de viver, de recomeçar. E muitas das vezes é preciso recomeçar. Deixar pra trás o que passou e tocar a vida pra frente. Bater na mesma tecla nem sempre é o ideal. Mas Rebeca não conseguia fazer isso. 

E a autora conseguiu passar toda essa emoção da personagem através dos diálogos cada vez mais intensos e emocionantes no decorrer da trama. 

Acho que vocês irão adorar todos os personagens, mas o João, esse aí é encantador. Que garotinho esperto, atencioso, brincalhão e amoroso. Dei boas risadas com as brincadeiras dele. Além deles, a história possui outros ótimos personagens, como, por exemplo, Nando, o grande amigo de Rebeca. 

Karla de Oliveira aproveitou toda a história para abordar temas bem interessantes, como a desigualdade social, a intolerância religiosa, o suicídio e outros assuntos de grande relevância. Não canso de dizer o quanto isso é importante. São leituras como essa que enriquecem ainda mais o leitor. Passa mensagens importantes que possam, de alguma forma, contribuir para a sociedade. 


Em suma, recomendo fortemente que leiam "De Encontro à Minha Vida". Garanto que muita gente irá se emocionar com essa história envolvente que mostra como o destino nos reserva grandes surpresas, o quão necessário é o recomeço em algumas fases da vida e de como o amor pode salvar vidas. Sobretudo, a obra fala da importância que têm as nossas escolhas pra vida. Rebeca fez a dela. 

A publicação do livro foi feita através da Giostri Editora. A obra possui uma capa bonita, a diagramação está bem organizada, a fonte tem um tamanho agradável, as folhas são levemente amareladas e o livro possui orelhas. Só senti falta da divisão de capítulos, mas a leitura se desenrola sem problemas. 


Suicídio 

Claro que todos os assuntos tratados em "De Encontro à Minha Vida" são importantes, mas o suicídio - que foi o que totalmente predominou e deu rumo a história - foi ainda mais significativo. É algo que afeta não só os brasileiros, mas a população de todo o mundo. 

Segundo a Revista Galileu - com informações do Ministério da Saúde, o número de suicídios aumentou 12% no Brasil. Em 2011, foram 10.490 mortes: 5,3 a cada 100 mil habitantes. Já em 2015 o número chegou a 11.736: 5,7 a cada 100 mil, segundo dados são do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM).

Isso é muito preocupante. Por isso, se vocês percebem alguém apresentando sinais de comportamento suicida, não deixe a pessoa sozinha, remova álcool, drogas, medicamentos ou objetos afiados que possam ser usados em uma tentativa de suicídio e procure ajuda médica. Leve a pessoa a um pronto atendimento ou busque ajuda de um especialista em saúde mental. 

Não tratem com indiferença. Ajude. De alguma forma, mas ajude. 


💗

Falei com a autora e perguntei qual música seria trilha sonora do livro, e ela indicou três rsrs. "Fix You", do Coldplay; e "Say Something", da dupla A Great Big World em parceria com a Christina Aguilera. Mas escolhi colocar aqui o player de um canção da Adele: "Make You Feel My Love". Confira: 




📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚



Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria: 
pedrogabrielb@bol.com.br



2 comentários:

  1. Peeeeeedro arrasou no post, que bom que também gostou, tava doida pra saber o que ia achar. Eu sou apaixonada por esse livro, tive uma mistura de sentimentos ao ler. Amo João e já quero ele pra mim kkk Karla está de parabéns com essa obra. Foi o segundo livro nacional de li e me instigou a querer mais!

    https://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Monyque! =D

      Eu também adorei e conheci ele através do seu blog. Foi uma leitura maravilhosa. Recomendo que você ainda mais a literatura nacional, pois temos livros encantadores como esse. João é um garotinho incrível.

      Excluir

Leia antes de fazer seu comentário:

- Os comentários do blog são moderados e serão liberados após constatação de que estão de acordo com o assunto dos post.
- Os comentários não refletem a opinião do autor.
- Comentem à vontade. Dê sua opinião, sugestão ou reclamação.
- Me sigam no Twitter: @pedrogabriel13p
- Lembrem-se de curtir a fã Page do Blog na Lateral.
- Me sigam também no Instagram: @BlogDoPedroGabriel

Desde já agradeço a atenção de vocês e espero que voltem ao Blog do Pedro Gabriel quantas vezes quiserem ;)

Blog do Pedro Gabriel | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2012 - 2018 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS