27/06/2018

Resenha: "HEX", de Thomas Olde Heuvelt

Resenha por: Pedro Gabriel 
Obra: HEX
Autor: Thomas Olde Heuvelt
Editora: Darkside Books 
Gênero: Terror
Páginas: 368
Ano: 2018
Onde Comprar: Amazon - Físico (capa dura)
Adicione: Skoob
Nota: ★★★★☆
Livro cedido pela editora.
SINOPSE: Toda cidade pequena tem segredos. Mas nenhuma delas é como Black Spring, o pacato vilarejo que esconde uma bruxa de verdade do resto do mundo. Os moradores sabem que não se deve mexer com ela. Assim como aconteceu com as bruxas de Salem, Katherine Van Wyler foi condenada à fogueira. Mas a feiticeira sobreviveu e continua rondando a cidade, mais de trezentos anos depois. Seus olhos e sua boca foram costurados, para impedir que ela lance maldições fatais. Os habitantes de Black Spring controlam seu passos através do HEXApp, um aplicativo de celular, 24 horas por dia. A vigilância constante aumenta o clima de paranoia na cidade, enquanto um grupo de adolescentes desafia as regras e resolve zoar a bruxa para ver se ela é tão perigosa quanto dizem...

De longe, a pacata cidade de Black Spring é parecida com qualquer outra cidade pequena de interior. Serena, aconchegante e com suas peculiaridades. Mas, o que os forasteiros não sabem é que Black Spring há anos guarda um segredo assustador. E 'esse segredo' circula livremente pela cidade, floresta... e moradias dos habitantes. 

💀💀💀

Há muitos anos, a cidade de Black Spring tem como ilustre habitante uma bruxa chamada Katherine Van Wyler. Em 1664, ela foi condenada por bruxaria e acabou sendo enforcada e jogada num poço. 


Desde então, uma maldição se instalou na cidade e todos que nascessem ou fossem morar lá estariam amaldiçoados. Caso alguém tentasse sair da cidade afim de fugir da maldição, logo a mente passava a ser povoada de pensamentos negativos e a vontade de se matar era gritante a ponto da pessoa cometer o suicídio. 

A população da cidade não tinha outra alternativa a não ser viver em Black Spring com a bruxa - de olhos e boca costurados e mãos acorrentadas - passeando calmamente pela cidade e aparecendo do nada em suas casas.


Para esconder a bruxa do restante do mundo, foi desenvolvido o HEXapp, um aplicativo usado pela população da cidade para monitorar 24 horas os passos da bruxa por Black Spring, dessa forma também evitando que os forasteiros encontrem ela enquanto transitam pela cidade. 


"(...) Se havia uma coisa que os moradores de Black Spring valorizavam ainda mais que a urgência, era uma insistência cautelosa em nunca se envolver demais nos assuntos de Katherine." 



Além disso, a população vivia conforme as leis do Decreto de Emergência, que frisava a importância de não tocar na bruxa ou provocá-la, pois Katherine era tipo uma bomba-relógio: a qualquer momento ela poderia explodir. Mas, principalmente, a orientação era de nunca, em hipótese nenhuma, tentar abrir a boca ou os olhos dela. Eles sabiam que as consequências não era nada boas. 

Seguindo as orientações, todos viviam 'em paz' com Katherine na cidade. Mas, um grupo de jovens da cidade, movidos pela curiosidade do mistério que é a Katherine, irão passar por cima das regras da cidade e desafiarão a bruxa. 


Quais serão as consequências de provocar Katherine Van Wyler?
Qual será a reação dela? O que será de Black Spring e da população se a 'bomba-relógio' paranormal enfim explodir?

"A humanidade já provou inúmeras vezes que tem uma tendência a atravessar barreiras que não deveria. E temos toda a razão para acreditar que se seus olhos se abrirem e ela começar a pronunciar seus feitiços, todos vamos morrer. É por isso que nós a mantemos fora das vistas. Ela não quer ser compreendida - ela não deve ser compreendida."

"HEX", escrito pelo Thomas Olde Heuvelt, é extremamente assustador e viciante. A atmosfera da narrativa é tensa e a todo instante pega o leitor com algum novo mistério envolvendo a bruxa.


Diferente de outras histórias, em "HEX" a população convive com a bruxa andando pela cidade. Era 'normal'. Apenas um pouco assustador para alguns, mas a maioria já tinha se acostumado com a presença de Katherine. O cuidado maior era com os forasteiros, principalmente com aqueles que tinham a intenção de morar em Black Spring.

A principio, tudo pode parecer bem louco por parte do autor, mas não é. Lendo a obra vocês irão compreender como tudo se desenvolveu pra que a população da cidade agisse dessa forma com eles próprios e com os visitantes.

Os personagens da narrativa além de terem sido aprisionados em Black Spring, por causa da maldição, parecem que tiveram seus sentimentos enclausurados juntamente, inclusive o bom senso.



No desenrolar da trama, o autor explora conflitos familiares, a caixinha de surpresas que é a mente humana; nos faz refletir bastante sobre amizade, liberdade, o poder da justiça, a democracia, o amor... e outras temáticas que fará muita gente refletir ao longo da leitura.

Além disso, a história ainda traz referências à cultura pop: Harry Potter, A Bruxa de Blair, Sob a Redoma e algumas outras que vocês irão identificando no decorrer da leitura.

Confesso que alguns pontos da história ficaram um pouco soltos. Meio que o final também deu uma acelerada boa - mas poderia ter acontecido isso antes. De qualquer forma, gostei bastante da história, inclusive do final - apesar da curiosidade de querer saber mais a respeito. 


A ansiedade que me possuía pra ler a obra não foi em vão. "HEX" é simplesmente uma grandiosa obra do terror contemporâneo. 

Essa foi uma das melhores leituras que fiz nesse ano. Me vi lendo o livro em todos os lugares que fui - durante 3 dias de leitura. Até mesmo enquanto andava pela universidade (que tropeço lindo eu poderia ter dado, hein?).

Enfim, recomendo fortemente a leitura de "HEX", do Thomas Olde Heuvelt, para os amantes de um bom livro de terror. Vocês irão adorar, se emocionar - sim, eu disse se emocionar - e ficar bem aterrorizados enquanto devoram o livro.


A edição brasileira foi publicada pela Darkside Books. A publicação possui capa dura, com um design bastante bonito na frente e na contra-capa; A fonte tem um tamanho agradável, as folhas são amareladas e algumas outras são pretas.

O livro tem uma fita verde que serve como marca páginas e ilustrações no início e final da edição. Em suma, posso dizer que é um daqueles livros pra você ler, por na estante e ficar admirando como uma obra de arte.


Adaptação para a TV

Segundo informações do UOL e Darkside Books, "HEX" será adaptado para a TV. Será uma série da Warner e terá como roteirista o Gary Dauberman, de "It: A Coisa" e "Annabelle".

“A temporada deverá abordar todo o livro. Estou curioso para saber como ficará. É claro que a série terá coisas diferentes do livro, porque é assim mesmo quando rola uma adaptação. Cada episódio vai deixar um gancho assustador para o próximo”, disse Thomas Olde Heuvelt em entrevista ao UOL.

O que nos resta? Aguardar ansiosos, mas rezando para que façam uma bela adaptação, pois o livro merece.

Um último recadinho: Não provoquem a Bruxa!💀

📖Boa leitura, pessoal! 


"Se houver dor, abrace essa dor; se houver uma chama, não a apague. Deixe-a queimar, mantenha-a viva."



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria: 
pedrogabrielb@bol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário:

- Os comentários do blog são moderados e serão liberados após constatação de que estão de acordo com o assunto dos post.
- Os comentários não refletem a opinião do autor.
- Comentem à vontade. Dê sua opinião, sugestão ou reclamação.
- Me sigam no Twitter: @pedrogabriel13p
- Lembrem-se de curtir a fã Page do Blog na Lateral.
- Me sigam também no Instagram: @BlogDoPedroGabriel

Desde já agradeço a atenção de vocês e espero que voltem ao Blog do Pedro Gabriel quantas vezes quiserem ;)

Blog do Pedro Gabriel | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2012 - 2018 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS