13/03/2019

Resenha: "O Destruidor de Mundos", de Vinícius Oliveira Rocha

Resenha por: Pedro Gabriel 
Obra: O Destruidor de Mundos (O Kar-Tet #1)
Autor: Vinícius Oliveira Rocha
Editora: CRV 
Gênero: Ficção/Fantasia/Aventura/Infantojuvenil
Páginas: 354
Ano: 2018
Onde Comprar: Loja Editora CRV
Adicione: Skoob
Nota: ★★★★☆ 
Livro cedido pelo autor.
SINOPSE: Nova York, 13 de maio de 2011. O que parecia ser uma noite comum termina com uma tragédia que abalará o mundo. A pergunta é uma só: quem a terá provocado? A resposta, contudo, vai além do que qualquer um espera. Duas semanas depois Marc Jones, um jovem de 15 anos, faz uma visita ao Museu de Arte Moderna com os Hicks, a família responsável por sua criação desde a morte de seu pai. Para sua surpresa, porém, uma série de eventos cada vez mais bizarros o leva a descobrir ser um guardião, alguém que pode manipular algum dos quatro elementos. Mesmo decidindo guardar isso para si, Marc acaba sendo forçado a decidir seu destino quando as consequências dessa descoberta acabam afetando aqueles próximos a ele. Agora, como tantos outros novos guardiões, ele irá estudar na prestigiada escola de St. Thomas, a mais renomada do mundo guardião. Entre novas amizades e surpreendentes inimizades, o garoto vai se dando conta de que sua ligação com este mundo é mais antiga do que pressupunha, e que sua vida e das pessoas que ama possui segredos sombrios. Marcado como um alvo pelo ardiloso Sacerdote, um guardião caído que há séculos tem sido o maior inimigo dos guardiões, ele precisa descobrir se há um traidor dentro da escola e desmascará-lo antes que seja tarde demais. Contudo, essa missão lhe trará grandes riscos e seus resultados podem mudar o mundo guardião para sempre. Estarão todos preparados para a verdade?

🌊👦🌊

O que você faria se descobrisse ser o guardião de um dos elementos do planeta? Conseguiria lidar com essa revelação e enfrentar todas as consequências desse poder que habita dentro de si? 

No auge dos 14 anos, Marc Jones viu sua vida mudar completamente e teve que amadurecer o bastante para ser forte e driblar todas as forças do mal após descobrir ser dono de um poder extraordinário. 


Ele é um garoto simpático, atencioso e companheiro. Cresceu sendo criado pelos tios Alan e Kate Hicks, pais do John, também de 14 anos. Marc não conheceu o pai, sabia apenas que tinha falecido e que foi um homem fantástico. O jovem garoto levava uma vida feliz ao lado daqueles que se tornaram sua grande família. 

Marc mora em Nova York, conhecida como a cidade que nunca dorme, principalmente após os estranhos acontecimentos. Um fato misterioso abalou o movimentado distrito de Manhattan, em Nova York, e deixou milhares de mortos no dia 13 de maio de 2011. Uma tragédia que marcou a vida dos americanos e deixou grandes questionamentos. Mas, como diversas vezes acontece, a vida seguiu, aos poucos, voltando tudo ao normal. Ou quase! 



Num belo dia, Marc, John e o Sr. e Sra. Hicks resolvem visitar o Museu de Arte Moderna de Nova York. Quando a família de Marc chega ao museu, eles aproveitam para conhecer diversas esculturas, pinturas e tudo que está exposto no MoMA. Mas, quando Marc menos espera, coisas sinistras acontecem e o deixam assustado. Até que um senhor lhe entrega uma carta e logo após some. Essa misteriosa carta revelava que Marc Jones era o guardião de um dos elementos da Terra e poderia ingressar numa das instituições para guardiões: a St. Thomas ou Hartford. Ele não estava entendendo absolutamente nada. Tudo era muito confuso, mas aos poucos ele foi compreendendo toda a história jamais contada.

Na escola, ele teria a sua formação completa para dominar o próprio elemento e outros poderes que fariam dele um verdadeiro guardião. Mas essas descobertas lhe trarão grandes problemas. Forças malignas estarão prontas para acabar com ele e todos que estiverem pela frente. E o pior: conseguirão se infiltrar na escola e cada vez mais cercar Marc e seus amigos. Ele terá que ser inteligente e forte para lidar com tudo ao mesmo tempo.


"Nessa guerra os dois lados vigiam e observam um ao outro constantemente."

Nessa jornada, estranhos desaparecimentos, mortes e muita destruição abalarão o mundo dos guardiões, colocando todos em estado de atenção total contra a força maligna maior: o Sacerdote, líder da Sociedade da Sombra. Sua ira é movida pela vingança. O ódio habita o coração há anos. Com o passar dos tempos em que viveu na solidão e injustiçado, ele nutriu muita raiva que o faz enxergar os humanos de uma forma odiosa. Agora ele quer acabar com todos e criar a sua própria nação.


Será que ele vai conseguir? Será ele o grande 'Destruidor de Mundos'?

"Entendam que o Sacerdote não é apenas um inimigo- disse o diretor. - Ele representa tudo o que há de mal e podre nesse planeta, até porque é em boa parte responsável pelos males e pela corrupção que têm acometido a humanidade. E de certa forma podemos considerá-lo como quase imortal."

Com uma narrativa fluida e eletrizante, "O Destruidor de Mundos" consegue prender o leitor do início ao fim na leitura, fazendo com que a imaginação ganhe asas a cada novo acontecimento da trama. 

Os personagens foram bem construídos e explorados ao longo da leitura. Podemos viajar pelo mundo de Marc Jones e sua família, conhecemos suas angustias e vivenciamos um pouco desse sentimento, principalmente quando ele descobre ser um guardião e entra na escola para explorar melhor os próprios poderes. Além disso, a descrição das cenas são ricas e nem um pouco exageradas.


Para quem leu Harry Potter, a semelhança entre "O Destruidor de Mundos" e a saga da J. K. Rowling é enorme. Temos a escola, o fato do jovem Marc receber uma carta comunicando a entrada em alguma das duas escolas de guardiões, disciplinas e feitiços, além de referências ao Beco Diagonal, criaturas mágicas e a utilização de varinhas por parte dos guardiões. Não vejo essa semelhança como um ponto negativo. Foi uma inspiração grande em boa parte da narrativa, mas o autor dá o diferencial em muitos fatos marcantes da história. Acredito que o segundo volume já será bem mais diferente e não tão ligado ao mundo mágico de Harry Potter. 

Em suma, posso dizer que "O Destruidor de Mundos" é uma obra fascinante, que poderá agradar bastante aos fãs de Harry Potter e demais públicos que gostam de boas histórias de aventura e fantasia. É uma leitura leve, engraçada, emocionante, com muita ação e que contém uma boa dose de romance. Esse primeiro volume da série "O Kar-tet" é mais introdutório ao mundo dos guardiões e, como eu  já disse, acho que a história será mais intensa a partir do segundo volume. Mas já aviso que a leitura está mais que recomendada! 


O livro foi publicado através da Editora CRV. O livro tem uma capa bonita, a fonte tem um tamanho bom, a edição possui orelhas e as folhas são levemente amareladas - o que pode contribuir ainda mais na fluidez da leitura para aqueles que possuem dificuldades em ler livros com páginas brancas. 

A edição ainda conta com um glossário com o significado de várias palavras, feitiços, etc., que foram ditos ao longo da história e uma lista com o nome dos funcionários, alunos e disciplinas ministradas na escola St. Thomas. Muito criativo. Gostei bastante! Meus parabéns ao Vinicius pela obra fascinante.

Aproveito para deixar o player de uma música que é citada em determinado momento da leitura. Ouça "Drive", canção de sucesso da banda norte-americana The Cars

 


📚Boa leitura, pessoal!📚 

📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria: 
pedrogabrielb@bol.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário:

- Os comentários do blog são moderados e serão liberados após constatação de que estão de acordo com o assunto dos post.
- Os comentários não refletem a opinião do autor.
- Comentem à vontade. Dê sua opinião, sugestão ou reclamação.
- Me sigam no Twitter: @pedrogabriel13p
- Lembrem-se de curtir a fã Page do Blog na Lateral.
- Me sigam também no Instagram: @BlogDoPedroGabriel

Desde já agradeço a atenção de vocês e espero que voltem ao Blog do Pedro Gabriel quantas vezes quiserem ;)

Blog do Pedro Gabriel | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2012 - 2019 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS