11/07/2019

Resenha: "Meu Livro. Eu que escrevi", de Duny Eveley (Raony Phillips)

Resenha por: Pedro Gabriel
Obra: Meu Livro. Eu que escrevi
Autor: Raony Phillips
Editora: Intrínseca 
Gênero: Ficção/Autobiografia/Humor
Páginas: 168
Ano: 2017
Onde Comprar: Amazon - Físico ou E-book 
Adicione: Skoob
Nota: ★★★★★
SINOPSE: Duny (lê-se Dani) é uma celebridade de alcance mundial, alçada ao estrelato por seu imenso talento, inteligência, classe e beleza incomparáveis. Ou, pelo menos, era isso o que ela esperava da vida - que, no caso de Duny, se resume basicamente a um loop infinito de lacres, barracos e baixarias cometidos em busca da fama. Meu livro. Eu que escrevi é o maior deles. Conhecida dos fãs principalmente por trabalhar e morar na Pensão da Tia Ruiva e ser uma das estrelas da websérie Girls in the House, Duny hoje comanda também o reality show investigativo Disk Duny e é comentarista on-line de premiações como o Oscar e o Grammy para uma grande rede de TV, mas ela já passou por muita coisa nessa vida: da humilhação pública de fazer gachamentos em trajes sumários num programa de auditório a fingir que suporta crianças só para ser babá da filha de uma artista famosíssima e ficar um tantinho mais perto dos maiores nomes da música pop. Se valeu a pena? Para Duny, ainda vamos saber. Mas, para quem lê essa autobiografia recheada do início ao fim com o melhor da ironia (ou grosseria) moderna e total ausência de preciosismo vernacular, vale cada página.

💥🙎💣

Debochada, talentosa, engraçada, linda, maravilhosa, princesa, rainha, soberana... é uma série infinita de qualidades que podem ser utilizadas quando se trata de falar de Duny Eveley. E ai daquele que não elogiá-la com pelo menos um desses adjetivos. Esse jeito irreverente e único de ser, vem marcado em  "Meu Livro. Eu que escrevi", uma autobiografia polêmica e engraçada escrita pela própria Duny, que é personagem da websérie de sucesso "Girls In The House" do "Disk Duny", criadas pelo talentosíssimo Raony Phillips no canal Rao TV


Na série, Duny - personagem que ganha 'vida' através do jogo The Sims - apronta todas ao lado de suas amigas da pensão da Tia Ruiva. Com seu jeitão impulsivo, ousado de ser, Duny conquista os internautas por ser aquele tipo de pessoa que diz 'na lata', doa a quem doer. Além, claro, de ser aquela amiga divertida, companheira, debochada e... doidona. Não que isso seja um defeito. Pelo contrário, é sempre bom ter uma pessoa assim ao nosso lado.


"Eu tava tão acostumada a ver mortes em filmes ou jogos de videogame, que caí na gargalhada quando soube que a Fabiane tinha morrido. Demorou um tempo pra eu entender como a morte funcionava. Pra eu entender que minha prima não ia mais voltar, que ela tinha morrido MESMO!"


E é com esse jeito atrevido que Duny narra suas aventuras e desventuras em seu primeiro livro. Ela fala sobre as decepções pessoais, sua chegada a cidade de Sun Town - onde mora atualmente; relembra como conheceu suas amigas da pensão, comenta sobre sua busca incensante pela fama e todas as aventuras que viveu e ainda vive nessa trajetória, além de contar segredinhos bem doidos, tudo sempre com seu humor ácido. 

Ao longo da leitura é impossível não dar boas gargalhadas. Em diversos momentos me peguei rindo das 'presepadas' da Duny. Em outros consegui refletir sobre conselhos sábios dados por ela através das experiências negativas e positivas. Claro que nem tudo ali pode ser levado a sério, mas algumas coisas conseguem dar aquele start na pessoa. Só lendo pra saber.




"A grande verdade é que estar bonita pode se tornar algo cansativo na vida das pessoas. Por exemplo, a Alex aqui da pensão já desistiu há muito tempo. Eu não posso desistir. Não cheguei tão longe pra parar aqui."

É de impressionar o talento que Raony tem. Ele consegue produzir, roteirizar, dublar, editar e tudo mais no canal e ainda consegue ter boas sacadas com os personagens, principalmente criando a personagem Duny, que no mais íntimo de muita gente eu imagino que há uma Duny calada. Silenciada pelas regras que nos são impostas diariamente, pelo modo que 'devemos' nos impor diante de determinadas situações... enfim, uma Duny que simplesmente queria soltar um FODA-S*, mas não faz isso para não ser a pessoa desbocada, a mal educada do pedaço. Pra não chocar a sociedade, óbvio. Claro, essa é uma reflexão pessoal do que observo, mas você pode pensar de outra maneira a respeito. 



Acho que por esses e outros motivos é que a Duny cativa tanto o público do canal Rao TV - que já tem mais de 174 milhões de visualizações na plataforma. E o livro consegue cativar da mesma forma. Claro que há diferença grande de não ser um vídeo, mas diverte qualquer leitor com a escrita fluida e engraçada do Raony.


"Não acredito que eu tenha uma alma gêmea andando por aí. Se um dia eu a encontrar, ela vai levar uma surra porque com certeza tá me imitando e se em uma coisa que eu odeio é que me imitem."


Com certeza a leitura está mais que indicada. Podem ler sem medo de ser feliz. Vale muito a pena e com certeza será um daqueles livros em que você vai sentir vontade de reler. Além disso, ele pode ajudar bastante a te tirar daquela velha ressaca literária que teima em perseguir os leitores em alguns momentos. Fica a dica!



A obra foi publicada através da Editora Intrínseca. A capa está muito bonita, a diagramação mega caprichada, as folhas são levemente amareladas e algumas de cores diferentes, a fonte tem um tamanho agradável e a edição também possui orelhas. 

Aproveito para deixar um dos episódios mais clássicos do "Disk Duny" para você conhecer melhor essa rainha do youtube:



📚Quando você compra na AMAZON através do Blog do Pedro Gabriel, você contribui para o crescimento do blog e realização de mais sorteios.📚

Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram | Twitter | Facebook | Skoob | Spotify: PedroGabrielB

Sugestão de pauta ou parceria: 
pedrogabrielb@bol.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de fazer seu comentário:

- Os comentários do blog são moderados e serão liberados após constatação de que estão de acordo com o assunto dos post.
- Os comentários não refletem a opinião do autor.
- Comentem à vontade. Dê sua opinião, sugestão ou reclamação.
- Me sigam no Twitter: @pedrogabriel13p
- Lembrem-se de curtir a fã Page do Blog na Lateral.
- Me sigam também no Instagram: @BlogDoPedroGabriel

Desde já agradeço a atenção de vocês e espero que voltem ao Blog do Pedro Gabriel quantas vezes quiserem ;)

Blog do Pedro Gabriel | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2012 - 2019 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS